Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo!






Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo!




14/12/2017

Conselho de Cidadania Empresarial mobiliza 3 mil pessoas em 2017

Grupo reúne organizações da sociedade civil, universidades e representantes da indústria, do comércio e de serviços que atuam em prol da sustentabilidade e de ações sociais

Reunir 80 instituições sociais, empresas e indústrias paranaenses em um coletivo que propõe e executa ações socioambientais. Esse é o objetivo do Conselho Paranaense de Cidadania Empresarial (CPCE), um conselho temático da Fiep. Criado em 2004, o Conselho atualmente conta com a participação de 305 organizações que se reúnem sistematicamente ao longo do ano. Em 2017, os encontros mobilizaram mais de 3 mil pessoas em todo o Paraná em atividades de capacitação e em projetos socioambientais, culturais, voluntariado corporativo e do compartilhamento de boas práticas de sustentabilidade.

Os números foram apresentados na manhã dessa sexta-feira (15), no Campus da Indústria em Curitiba, para todos os integrantes do Conselho, dentre estes  reitores, vice-reitores e professores que colaboram na transmissão dos conceitos da sustentabilidade.

“Quando o CPCE foi criado parecia um sonho utópico discutir questões sociais e ambientais dentro da realidade empresarial. Mas hoje esse espaço se consolidou como um lugar de diálogo, trocas de boas práticas e de exemplos que podem verdadeiramente ajudar a melhorar o mundo em que vivemos”, refletiu o superintendente do Sesi e IEL, e diretor do Senai no Paraná, José Antonio Fares durante a apresentação dos resultados.

Ao todo, o CPCE promoveu 560 ações desde a sua fundação em 2014 , sendo 55 em 2017, entre ações, palestras, seminários, reuniões e outros eventos em prol da sustentabilidade e do apoio em causas e organizações sociais. “É muito recompensador ver que iniciativas que muitas vezes não aparecem nos relatórios financeiros ou fiscais acabam sendo, muitas vezes, maiores que os resultados econômicos. Esperamos que o número de empresas responsáveis socialmente cresça cada vez mais, pois são essas medidas que ajudam a melhorar a vida das pessoas e das comunidades”, disse o diretor geral do CPCE, Ruy Gerson Brandt.

Entre as principais ações desenvolvidas pelo CPCE no Paraná em 2017, estão as atividades para a disseminação dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), agenda da Organização das Nações Unidas (ONU) com objetivos a serem alcançados até 2030, e o Pacto Global, fomentando que as empresas conheçam e implementem seus princípios. O diretor regional Gilberto Bordin citou que em Cascavel, por exemplo, o CPCE promoveu a quarta edição da Pedalada Sustentável, que reuniu mais de 600 ciclistas e 17 entidades, em uma volta ciclística para divulgar os ODS e práticas sustentáveis. Já Paulo Lima, diretor em Maringá , deu ênfase ao número de empresas que passaram a ser signatárias do Pacto Global.

“Outra iniciativa do CPCE foi a campanha intensa sobre a destinação do imposto de renda devido das pessoas físicas para os fundos de assistência social e das pessoas em situação de risco ou vulnerabilidade social (crianças e adolescentes; idosos; pessoa com deficiência, entre outros)”, lembrou a coordenadora executiva do CPCE, Rosane Fontoura. Segundo ela, apenas em Curitiba, R$30 milhões dos recursos do IR foram encaminhados aos fundos ou entidades sociais em 2016. Rosane lembrou a data de 28 de dezembro como prazo para destinar os recursos, sendo 1% para as pessoas jurídicas que trabalham com o Lucro Real e 6% para as pessoas físicas que declaram o imposto no formulário completo. Na ocasião, Rui Brandt citou a Nota Paraná, “que está contribuindo com várias causas sociais, atitude que todos podem disseminar e praticar”.

 

A cerimônia de abertura contou com a benção do arcebispo metropolitano de Curitiba, Dom José Antonio Peruzzo, também conselheiro do CPCE. Para ele, é possível fazer ações transformadoras para reduzir as desigualdades. “Que a Justiça corra como as águas de um rio”, disse.

Os participantes do evento receberam o livro “Saí da Microsoft para Mudar o Mundo”, de John Wood, cedidos pelo Instituto Pegaí. O livro motiva a ação cidadã.

O relatório de 2017 do Conselho Paranaense de Cidadania Empresarial está disponível para download no site www.fiepr.org.br/cpce. A agenda de reuniões de 2018 também pode ser consultada no portal.

 

Fiep   Federação das Indústrias do Estado do Paraná   Direitos Reservados
Av. Cândido de Abreu, 200   Centro Cívico   80530-902   Curitiba   PR