Sindimetal Sudoeste
Sindimetal Sudoeste

História

Uma trajetória de desafios e desenvolvimento vivida pelo Sindimetal Sudoeste  

      Uma entidade que representa a categoria e potencializa o desenvolvimento do segmento através de ações integradas.  Mobiliza ações coletivas de desenvolvimento, participando diretamente do Fórum de Desenvolvimento de Pato  Branco e da Comissão de Conciliação Prévia. Busca acesso facilitado ao crédito para seus associados e dá representatividade aos associados em temas de interesse comum, inclusive com ações contra atitudes governamentais consideradas arbitrárias, como a implantação da Taxa de Controle Ambiental. 

               1983  Em 19 de dezembro originou-se a entidade que, na época, era denominada Associação.

               1985 No dia 8 de julho, em Assembleia Geral Extraordinária na sede da Associação Comercial e Industrial de Pato Branco a Associação foi transformada em Sindicato.

               1986  O Ministro do Trabalho, Almir Pazzianotto Pinto homologa a criação do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Pato Branco, que antes se denominava Associação Profissional das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Pato Branco.  A entidade teve como primeiro presidente Luiz Cantu Sobrinho.

               1988 A entidade que se baseava em acertos com a classe trabalhadora nas convenções coletivas passa a focar ações no preparo de seus associados, realizando palestras.
A primeira envolveu o advogado trabalhista, Gilberto Gilberti e o advogado tributário, Maurílio Schmitt, oportunidade em que foram tratados temas como a nova Constituição e seus impactos sociais e trabalhistas. Presença do coordenador Regional da FIEP, Carlos Alberto Rebelo.

             1989  Assume a presidência da Entidade o empresário Cláudio Petrycoski que, tendo ampla experiência no setor, através da Atlas Eletrodomésticos, busca novas conquistas para a classe.

             1990   A questão trabalhista era um tema preocupante no meio. Tanto que o Sindicato direcionou esforços para orientar seus associados neste sentido, inclusive com palestra envolvendo o advogado e juiz classista, Adair Casagrande.

           1992  O processo de globalização passava a fazer parte mais presente do cotidiano do meio empresarial. Neste na João Roberto Gretz proferiu palestra sobre os desafios dos anos 90, prevendo aumento da competitividade internacional e, inclusive, no cenário nacional.

No mesmo ano buscou-se uma ampla aproximação da entidade com o Sistema Fiep, Federação das Indústrias do Estado do Paraná.

             1993   O Sindicato participa da 16a Expobel, onde apresenta os potenciais da área aos visitantes.

            1995  A entidade estimulou a participação dos associados no Movimento Brasil Confederação que visava reduzir a concentração de decisões no Governo Federal, havendo redistribuição de receitas e atribuições a estados e municípios. No mesmo ano desenvolveu seminário sobre implantação do Programa 5Ss, gestão de crises, atuação do Judiciário, trabalho em equipe, participação nos resultados, legislação trabalhista, qualidade com produtividade.

         Intensifica ações em prol do APL das indústrias de alumínio, potencializando o segundo maior polo da área no país, com produção estimada em 700 mil peças ao mês, através de 35 empresas.

            1996  Cria a sub-sede em Francisco Beltrão, liderada por Antônio Froza.

            1998  Participa de campanha para estimular a votação em candidatos a deputado da região.

            2000  Participa e apóia a construção do Hospital do Câncer, em Pato Branco.

            2006 - O Sindimetal Sudoeste, em parceria com a Coordenadoria Regional da Fiep/Pato Branco), Acepb, Acefb, Sindicomércio, Sebrae, Acedv e prefeituras realizou a fase regional do MPE Brasil - Prêmio de Competitividade para a Micro e Pequena Empresa.

                   O Sindimetal esteve nos dias 25 e 26 de abril participando do Congresso Paranaense da Indústria, um evento de peso que tratou das principais iniciativas a serem tomadas para o desenvolvimento do Segmento no Estado.

                   O presidente do Sindimetal Sudoeste, Cláudio Petrycoski também assume a presidência da Agência de Desenvolvimento do Sudoeste.      

         2007

Em março o Sindimetal participou da mudança da presidência da diretoria da Comissão Multisindical de Conciliação Prévia - CCP, a qual elegeu Enio da Luz para a presidência.

Em abril é inaugurado o Centro Integrado Sesi/Senai/Fiep/IEL em Palmas, uma iniciativa do Sistema Fiep respaldada pelo Sindimetal Sudoeste.

         No mesmo mês realizou o Planejamento Compartilhado do Arranjo Produtivo Local de Utensílios Domésticos e Produtos em Alumínio.

         Em março Meri Aparecida Moraes, Vanderlei Pinheiro Correia, Vilmar Maccari e Marcelo Silveira Dalle Teze participaram de um amplo curso ministrado por Augusto de Franco denominado “ Política, Redes Sociais e Democracia” que tratou da transformação cidadã da sociedade.

         Liderou debates para a estruturação de um Aterro Industrial, já que a maior parte dos resíduos é destinada para áreas particulares fora da região.

         Em junho articulou regionalmente com o Sistema Fiep - Coordenadorias de Pato Branco e Francisco Beltrão, Acepb, Sindicomércio, Sindicato dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares, Sinvespar, Acefb, Sindirepa, Agência de Desenvolvimento do Sudoeste, Fórum de Desenvolvimento de Pato Branco, Unioeste, Unipar, UTFPR, Faculdade Materdei e FAdep a realização de nova etapa do Prêmio Sucesso Empresarial. Vencedora regional do ano: Metalúrgica CBS.

                   Em parceria com a Coordenadoria Regional da Fiep/Pato Branco desenvolveu a campanha “Para o Brasil Desempacar”, numa contrariedade ao PAC - Programa de Alavancagem do Crescimento, reivindicando Enxugamento da Máquina Pública, Reforma tributária, Redução dos juros, reforma trabalhista, desburocratização, reforma do Judiciário, câmbio que facilite, reforma política e investimentos em infraestrutura.  Tudo pela passagem do Dia da Indústria.

                   Em agosto participou como apoiador do Eletron 2007 (4ª Feira de Máquinas-Ferramentas do Mercosul), no Expo Trade, em Curitiba

                   Continuou dando apoio ao Setor Metal Leve que recebeu clínicas tecnológicas em 2005 e 2006. O Sindimetal Sudoeste sempre esteve no planejamento de estratégias para o Segmento.

                   Em setembro o Sindimetal Sudoeste auxiliou na coleta de assinaturas para o fim da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) que envolveu a coleta de aproximadamente cinco mil assinaturas.

                   Em outubro a diretora Executiva do Sindimetal Sudoeste, Meri Aparecida Moraes assumiu a presidência do Conselho Municipal do Meio Ambiente, em que  o Sindimetal é membro.

                   Em novembro o empresário Cláudio Petrycoski fez parte de uma Campanha Publicitária Nacional, realizada pelo Governo Federal evidenciando o desenvolvimento industrial do país.

                   O Sindimetal Sudoeste, apoiando a Coordenadoria  Regional da Fiep, liderada por Cláudio Petrycoski conseguiu aprovação na Assembleia Legislativa de Projeto que inclui Palmas, Mangueirinha, Clevelândia e Honório Serpa nos mapas oficiais do Sudoeste do Ipardes e do IBGE, acertando uma deficiência histórica.

                   O Sindimetal esteve presente em mobilizações em parceria com a Coordenadoria Regional da Fiep que resultaram no plantio de 25 mil mudas de plantas na Bacia do Rio Pato Branco, com o apoio da Ipiranga e ações em prol do recolhimento do óleo de cozinha utilizado e no desenvolvimento de estudos para um aterro industrial.

                   Em novembro Petrycoski é reempossado como vice-presidente do Sistema Fiep em cerimonial de posse da diretoria que tem como presidente Rodrigo da Rocha Loures e os sudoestinos na vice-presidência Edson Campagnolo, Edgar Behne, Luiz Carlos Bonotto e Rafael Liston.

                   O Conselho Municipal do Trabalho, que tem o Sindimetal como membro, beneficiou com treinamentos mais de dois mil pessoas.                          

               2008 - O Sindimetal Sudoeste apoia a realização da Expomac - 17ª Feira Sul Brasileira da Indústria Metal-Mecânica que contou com 260 empresas expositoras e mais de 35 mil visitantes. No período em que trouxe  para Pato Branco consultores do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social)  para orientações sobre crédito.

         Em fevereiro participou de debates para a implantação de um ramal da Ferroeste passando pelo Sudoeste.

         Em julho de 2008 o APL de Utensílios Domésticos e Produtos em Alumínio do Sudoeste iniciou, com apoio do Sindimetal Sudoeste , uma sequência de treinamentos envolvendo vendas e liderança.

          Em agosto o APL realizou missão técnica ao House Gift Fair, em São Paulo.

          Em setembro auxiliou na organização de Clínicas Sociais voltadas a Gestão da Segurança e  Saúde do Trabalhador com Rodrigo Meister e Bruno Adad. Durante os encontros ficou evidenciada a importância dos cuidados empresariais nesta área para a vitalidade do negócio.

            Em outubro o presidente do Sindimetal, Cláudio Petrycoski solicitou apoio do presidente do Conselho Municipal do Trabalho para a realização de cursos de Soldador Mig/Mag e Tig, Serralheiro, Torneiro Mecânico Industrial e Torneiro Repuxador.

            Em novembro houve a difusão dos ganhadores do Prêmio Sucesso Empresarial. Na Categoria Indústria, a empresa Cozinhas Gava, de Pato Branco foi vencedora; em Comércio, Inviolável, de Francisco Beltrão e serviços Instituto Filadélfia, de Pato Branco.

            Em novembro o Sindimetal Sudoeste premiou as melhores redações sobre a metalurgia e os benefícios dela para a sociedade. Ganhadoras foram Thais Eloides Ribeiro Mesquita (5 a 11 anos), Ana Paula dos Santos (13 a 17 ano) e Polyana Medeiros, acima de 18 anos. Elas receberam um final de semana em Guaratuba.

            O Sindimetal, no mesmo ano manteve presente atuação no Conselho Municipal do Trabalho e do Meio Ambiente. Participou da Elaboração da Carta do Meio Ambiente, defendendo ações sustentáveis até 2018. Na Comissão Multisindical de Conciliação Prévia o Sindimetal está presente desde a fundação. Obteve, desde lá, mais de 1.680 audiência e 699 acordos.

         Em dezembro uma luta antiga do Sindimetal e da Coordenadoria Regional da Fiep teve efeito. Palmas, Clevelândia, Honório Serpa e Mangueirinha passaram a fazer parte do mapa do Sudoeste no Ipardes e no IBGE.

         Em 2008 o Sindimetal também esteve presente nas feiras Expomac, em Curitiba; Expobel, em Francisco Beltrão; Expopato e Expopalmas com exposições de produtos e aspectos institucionais.

         2009  -  Em março foi formada a nova diretoria do Fórum de Desenvolvimento de Pato Branco, presidida pelo também presidente do Sindimetal, Cláudio Petrycoski.

         Participou e liderou ações dentro da Rede de Participação Política do Empresariado.

         No dia 20 de março foi empossado o novo presidente do Sindimetal Sudoeste, Evandro Néri, em cerimonial com a presença do deputado estadual Augustinho Zucchi e do prefeito Roberto Viganó.  A nova diretoria ficou assim composta: vice-presidente, Antonio Froza, secretário Valter Luiz Trojan, vice-secretário - Luiz Carlos Borges, Tesoureiro - Claudio Petrycoski, vice-tesoureiro - Edson Carlos Flessak; Conselho Fiscal Ivo Muller, Cleomar de Miranda, Olni Vanzin e suplentes Elisandro Carles, Nelsi Bosa e Oscar Ruaro. Delegados representantes Cláudio Petrycoski e Edson Carlos Flessak tendo como suplentes Olcimar Tramontini e Luiz Carlos Borges.

         Em março também entra no ar o Portal Nosso Sistema, com notícias do Sindimetal Sudoeste.

         Em maio o Sindimetal Sudoeste em parceria com o Sistema Fiep, realizou o Planejamento Estratégico de suas ações, em reunião realizada no Restaurante Pequim, algo acompanhado de perto pelo presidente da Entidade, Evandro Néri.

         Em junho aconteceu o planejamento estratégico do APL de Utensílios Domésticos e Produtos em Alumínio, num trabalho do técnico da Fiep, Jairo Preissler e do consultor da Aliados Gestão e Marketing, Marcelo Silveira Dalle Teze, oportunidade em que o Sindimetal Sudoeste realizou o segundo encontro de Planejamento Estratégico. No mesmo mês houve encontro para definição de investimentos em tecnologia para alavancagem do Setor. A consultora do APL, Maristela Valdameri fez uma pesquisa para analisar suas principais dificuldades, entre elas, carência de mão-de-obra qualificada, algo que demandou a oferta de novos cursos.

         Em  25 de julho acontece em Coronel Vivida o primeiro encontro do Clube do Empresário, um projeto do Sindimetal Sudoeste com o apoio da Coordenadoria Regional da Fiep.  São encontros informais buscando aumentar o diálogo entre empresários e a informações importantes sobre o dia-a-dia. 

         O Sindimetal apoiou o surgimento da Sociedade Garantidora de Crédito, iniciativa da Agência de Desenvolvimento do Sudoeste.

         Em 21 de novembro acontece o II Encontro do Clube do Empresário em São Jorge do Sudoeste, com a participação de Felipe Cassapo, do Sistema Fiep, que falou sobre inovação.

         Em dezembro os coordenadores regionais, liderados por Cláudio Petrycoski solicitaram agilização das obras do Sistema Fiep pelo interior, uma solicitação, também, do Sindimetal Sudoeste.

         2010 - Sindimetal começa a se posicionar contra a redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais.

         O Sindimetal em parceria com outras entidades atuou na articulação em prol da preservação das cabeceiras dos rios da região, em especial do Rio Pato Branco. Uma mobilização que resultou num amplo projeto de reflorestamento com o apoio da Distribuidora Ipiranga.

         Também prestigiou uma série de encontros com o presidente da Câmara Italo-Brasileira de Comércio e Indústria do Paraná,  Antonio Coliva que passou vantagens das exportações e importações para aquele país.

         Em 20 de maio cerca de 70 profissionais de saúde e segurança do trabalho participaram de um encontro sobre o RAC - Regulamento de Avaliação de Conformidade para EPIs e outras legislações.

         Em maio falece Luiz Cantu Sobrinho, primeiro presidente do Sindimetal Sudoeste, com atuação entre dezembro de 1986 e março de 1990.

         Em 15 de junho aconteceu na Sociedade Rural o Jantar Comemorativo do Dia da Indústria, oportunidade em que foram prestadas homenagens especiais com placas em ferro fundido criadas pelo artista plástico Kalu Chueiri, numa iniciativa do Sindimetal em parceria com a Fiep.

         Em parceria com a Fiep o Sindimetal, em julho, passou a prestar consultoria gratuita para as indústrias do segmento, através do terapeuta empresarial Pedro Fistarol de Araújo, com o apoio de Marcos Colla e Everton Trombeta.

         Em agosto o APL de Utensílios Domésticos e Produtos em Alumínios do Sudoeste recebeu visita de empresários e consultores de Minas Gerais para análise da experiência. Eles representavam o Sebrae e o Senai daquele estado.

         Em setembro o Sindimetal organizou Missão Técnica a Expomac - 18ª Exposição Sul-Brasileira da Indústria Metal Mecânica.

         Em dezembro realizou o II Encontro do Clube do Empresário, em Palmas, oportunidade que contou com a presença do presidente do Sistema Fiep, Rodrigo da Rocha Loures.

         Participou das iniciativas do Projeto Justiça Cidadã voltado a promover avanços na qualidade de vida da população.

         2011 - Em 19 de março realizou nas dependências da Fadep o Encontro de Priorização da Estratégia Empresarial - EPEE - que beneficiou mais de 30 empresas que tiveram acesso gratuito aos conhecimentos necessários para definirem a estratégia empresarial. Parceiros:  APL de Alumínios, FIEP, C2I, Sebrae PR, Projeto ALI, Sescap, Siconp e as IES que auxiliar na condução. Uma iniciativa muito importante, destaca o presidente Evandro Néri.

         Em fevereiro organizou o Encontro de Oportunidades Empresariais para debates sobre importações da China  e aprofundamento sobre o Centro Internacional de Negócios da Fiep.

         Em maio o Sindimetal Sudoeste organizou uma missão técnica para a Feimafe - Feira Internacional de Máquinas-Ferramentas e Sistemas Integrados de Manufatura.

         Em Junho de 2012 aconteceu no Clube Pinheiros um grande jantar com posse da nova diretoria do Fórum de Desenvolvimento de Pato Branco e palestra sobre “a nova economia e a produção, com Eugênio Stefanello, bem como lançamento da Revista Raio X.  Na oportunidade houve o lançamento da Campanha Engrenagens que movem o desenvolvimento, visando valorizar empreendedores, trabalhadores e pessoas que movem a economia do país e precisam de mais apoio. A iniciativa teve a participação do Sinvespar, Sindimadmov, Sindipal, Sindirepa, Fórum de Desenvolvimento, UTFPR, e Coordenadoria Regional da Fiep, além do Sindimetal Sudoeste.  A preocupação com a desindustrialização nacional foi evidenciada pelo presidente Evandro Néri, em razão da ampla expansão da presença de produtos chineses no mercado.

            Em agosto o Sindimetal realizou o Workshop EPIs no auditório do Senai, visando orientar melhor empresários e trabalhadores sobre a segurança no trabalho.

            Em 11 de setembro o Sindimetal, alinhado às ações do Sistema Fiep, difundiu a Carga Tributária no Brasil e seus resultados no bolso do consumidor.

            No dia 17 de setembro acontece na Praça Presidente Vargas, em Pato Branco o Feirão do Imposto 2011. A iniciativa que envolve Federação das Indústrias do Estado do Paraná, via Coordenadoria Regional; Sindimetal Sudoeste; Associação Comercial e Empresarial de Pato Branco, Associação Comercial do Paraná, Fórum de Desenvolvimento de Pato Branco, Siconp, Mater Jr, Mulheres Produtoras Rurais, Grupo Escoteiro Sempre Alerta e  Conselho de Jovens Empresários, Federação das Associações Comerciais do Paraná, entre outras entidades. A ideia é mostrar para a população que a incidência de impostos na vida de todos é grande e deve haver um retorno social mais intenso por tal motivo.   Um celular de R$884,41 você paga R$1.499,00, ou seja, paga 41% de imposto sobre o preço final. A gasolina sem impostos estaria a R$1,28, mas como pagamos 57,03% o valor beira os R$3,00 Um automóvel vendido a R$21.833,00 poderia, sem impostos, ser comercializado por R$12.307,16, ou seja, 43,63% do carro é imposto.

         No mesmo mês o Sindimetal foi parceiro do Workshop de Inovação do Sudoeste, realizado no Sebrae,  dentro do Projeto de Agentes Locais de Inovação - ALI, numa parceria com o Sebrae, Fundação Araucária e Governo do Paraná.

         Participou em novembro da Solenidade de Premiação do Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas - Etapa Regional Sudoeste, em Chopinzinho. Da Mama - Massas e Marmitas e Sag Desenvolvimentos foram as vencedoras de Pato Branco.

         Em novembro o Sindicato participou de reunião dia 24 de outubro, na Câmara Municipal com o diretor  do Presídio Regional de Francisco Beltrão, Joab Barbosa, que evidenciou as vantagens para quem empreende na contratação de presidiários em semiaberto: “ Temos 170 presos que podem trabalhar.  É uma pessoa mais barata, em salário nominal, sem encargos e com responsabilidades jurídicas  direcionadas exclusivamente ao Estado, estando, a empresa, isenta delas.  É uma prática já existente em Guarapuava e Francisco Beltrão, entre municípios próximos e vem dando certo.”

         Em dezembro o Sindimetal realizou o Programa Intensivo de Gestão Industrial visando aprofundar a capacidade de gestão das organizações, numa parceria com o Sebrae.

            2012

            Empresários ligados ao Sindimetal Sudoeste e a Coordenadoria Regional da Fiep estiveram reunidos em 9 de fevereiro, no auditório do Sesi, em Pato Branco para debater um assunto preocupante.  A falta de competitividade da indústria nacional para fazer frente aos produtos originários da China. Sem muita alternativa o industrial acaba se vendo na necessidade de importar mercadorias chinesas, gerando desemprego local e aumentando as frentes de trabalho no além-fronteiras, sob pena de ter comprometida a viabilidade do negócio.No encontro que entre outras lideranças contou com a presença do vice-presidente do Sindimetal Sudoeste, Antonio Froza e do coordenador regional da Fiep/Pato Branco, Cláudio Petrycosk e de empresários como Edson Flessak, Francisco Gava; Valter Trojan, Ivo Antonio Muller, entre outros  ficou claro que as indústrias locais, por questões de sobrevivência, passam a comprar produtos prontos ou semiprontos da China. Com tantos custos e com um mercado cada vez mais competitivo, com margens achatadas, eles  tendem a acabar, gradativamente, deixando de  empregar para como indústrias para fazerem verdadeiros depósitos de produtos chineses. O que interfere nisso tudo, detalha Cláudio Petrycoski é o custo Brasil (Custos mão-de-obra, transportes, encargos, legislação desestimulante ao empreendedor, tributos e empréstimos com juros altíssimos se considerado o mundo).

         O Sindimetal Sudoeste em parceria com o SEBRAE Paraná, Projeto Ali - realiza em fevereiro, o Programa Intensivo de Gestão Industrial. A iniciativa conta com a participação de 15 empresas que receberão, até fevereiro de 2012, treinamentos e consultorias nas áreas de custos industriais, gestão financeira, produção industrial e qualidade. As empresas receberam 24 horas de capacitação e nove horas de consultoria especializada nas empresas.  O primeiro Módulo foi de Custos Industriais; o segundo de Gestão Financeira e o terceiro de Gestão da Produção e Qualidade.

         Com a presença do presidente da Assembléia Legislativa, Valdir Rossoni; do secretário de Estado de Assuntos Estratégicos, Edson Casagrande; do presidente do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná, Edson Campagnolo; dos deputados Ademar Traiano e Rasca Rodrigues e de prefeitos, presidentes de câmaras e lideranças do Sudoeste aconteceu na noite de 23 de março a entrega do Título de Cidadão Honorário para o empresário Cláudio Petrycoski e o deputado estadual Augustinho Zucchi e a posse da nova diretoria do Sindimetal Sudoeste. As quase 900 pessoas convidadas que praticamente lotaram o Clube Pinheiros acompanharam dois cerimoniais. O primeiro envolveu a posse da nova diretoria do Sindimetal Sudoeste, com o presidente reeleito Evandro Néri e os demais componentes: vice-presidente Antonio Froza; Secretário Valter Luiz Trojan; vice-secretário Edson Trento; tesoureiro Claudio Petrycoski  e vice-tesoureiro Edson Carlos Flessak. No Conselho Fiscal como efetivos foram empossados: Ivo Antonio Muller, Cleomar de Miranda e Ari Rietta e suplentes Elizandro Carles, Nelsi Luiz Bosa e Oscar Ruaro; delegados representantes efetivos: Evandro Néri e Cláudio Petrycoski e suplentes Olcimar Tramontini e Antonio Froza. Na oportunidade Edson Campagnolo entregou placa em homenagem ao presidente do Sindimetal Sudoeste, Evandro Néri e o coordenador Regional da Fiep – PR e vice-presidente do Sistema, Cláudio Petrycoski entregou uma placa para a diretora Executiva do Sindimetal Sudoeste, Meri Aparecida Moraes.

No dia 24 de março, tendo como anfitrião o Sindimetal Sudoeste, houve a reunião do G19 na mesma manhã. O G19 é um grupo de  sindicatos de indústrias metalúrgicas que representam todo o Paraná. Pato Branco contou com dirigentes de Curitiba, Pato Branco, Londrina, Campo Mourão, Cascavel, Apucarana e Maringá.

         Em maio o Sindimetal Sudoeste com a Fiep realizou homenagem especial, em encontro no município de Palmas para: Edson Carlos Flessak, Isaias Afonso Dal Zotto, João Carlos Ribeiro Pedroso, Maria Ermínia Latreille e Nadir Terezinha de Marchi, evento com a  presença do presidente Edson Campagnolo e do vice-presidente Cláudio Petrycoski.

         No dia 17 de maio foi implantada a Central de Comercialização envolvendo Sindimetal Sudoeste e APL de Utensílios Domésticos e Produtos em Alumínios. Todos tem acesso ao Sistema Integrado de Compras para o Setor.

         O Sindimetal Sudoeste  participou em agosto da elaboração e toda a estratégia de articulação do Movimento Pato Branco 2022, que traça com a presença de lideranças as principais necessidades do município para os próximos 10 anos.

         O software CentralFlex foi adotado pelo Sindimetal Sudoeste para baratear custos na compra de insumos de consumo cotidianos entre as empresas associadas, inciativa que envolveu reuniões de mobilização de empresários e ampla pesquisa para os produtos iniciais para compra. Até agosto a concentração de compras se deu em cima dos produtos de segurança no trabalho, dentro das ações da Central Integrada de Compras - CIC

         Evandro Néri, presidente do Sindimetal defende o peso das contratações que chegam a pesar até 117% sobre o salário nominal de funcionários. Um fato que preocupa o Sindimetal e suas empresas associadas.

         Com a presença do presidente da Assembleia Legislativa, Valdir Rossoni e altas lideranças estaduais aconteceu em março, no Clube Pinheiros, a posse da nova diretoria do Sindimetal Sudoeste, novamente presidida por Evandro Néri e entrega do Titulo de Cidadãos Honorários para o deputado Augustinho Zucchi e o diretor do Sindimetal Cláudio Petrycoski.         

         O Sindimetal Sudoeste apoiou o Fórum de Desenvolvimento de Pato Branco, em junho, nos encontros do Pato Branco 2022, com Foco no Futuro, planejamento que prevê 10 anos à frente para o município que foi repassado aos candidatos a prefeitura William Machado e Augustinho Zucchi.

 

 

Deixe seu comentário

Site Seu blog ou página pessoal


1. Os sites do Sistema Fiep incentivam a prática do debate responsável. São abertos a todo tipo de opinião. Mas não aceitam ofensas. Serão deletados comentários contendo insulto, difamação ou manifestações de ódio e preconceito;
2. São um espaço para troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua. Não serão tolerados ataques pessoais, ameaças, exposição da privacidade alheia, perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento;
3. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado; informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos;
4. Defendemos discussões transparentes, mas os sites do Sistema Fiep não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza. e
5. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.

 Aceito receber comunicação da Fiep e seus parceiros por e-mail