Sindimetal Sudoeste
Sindimetal Sudoeste

Envolvimento Social

Sindimetal com ações socialmente responsáveis


 

O Sindimetal através das participações nos conselhos municipais do Trabalho e do Meio Ambiente. A partir deste apoio o Sindimetal Sudoeste participou ativamente da elaboração da Carta do Meio Ambiente, defendendo ações sustentáveis até 2018. Dentro da visão de sustentabilidade não podemos jogar para o outro atitudes simples e cotidianas que merecem o nosso apoio. Meri Moraes, que integra o Sindimetal, Coordenadoria Regional da Fiep e preside o Conselho Municipal do Meio Ambiente ressalta “o ser humano interfere no meio ambiente, provoca modificações, gera inquietações sobre o nosso futuro e o das novas gerações. O que temos que ter em mente é que não há nada mais importante que a vida e isso depende do comprometimento e a consciência de cada um, a partir das atitudes em casa.”

No Conselho Municipal do Trabalho o Sindimetal apoiou os cursos de vendas, costura industrial e de Movimentação de Produtos Perigosos (MOPP), entre outros que foram concluídos e contaram, nas formaturas, com a presença de expressivas autoridades, inclusive o secretário de Estado do Trabalho.

 

As atividades da CCP

Desde o ano 2000 a Comissão Intersindical de Conciliação Prévia de Pato Branco (CCP) atua como uma entidade que equilibra ações entre sindicatos patronais e de trabalhadores. De lá para cá foram centenas de acordos que, depois de homologados, não permitem futuras reivindicações na Justiça do Trabalho. Na visão do presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários, Enio Antonio da Luz, que atua também como presidente da CCP o trabalho da Comissão é importantíssimo. “Tanto trabalhadores quanto empregadores devem entender que a CCP conta com conciliadores devidamente preparados a permitir uma boa conciliação, em comum acordo. O empregador nem mesmo advogado precisa para participar de um processo de conciliação.”

Na visão de Enio da Luz é preciso derrubar alguns preconceitos e perceber quanto a CCP auxilia nos acordos que são bons para o trabalhador no sentido de ter os valores rapidamente e menores custas e para o empregador também, que tem o acerto trabalhista agilizado.

Os acordos na CCP têm validade legal, sem possibilidade de acordos posteriores em cima do que foi debatido.. Cerca de 50% dos casos resultam em conciliações, índice que, na visão de Ênio da Luz, poderia ser bem maior se ambas as partes percebessem que saem ganhando, verdadeiramente com as conciliações. “Muitas vezes um problema pode ser solicionado rapidamente e as custas jurídicas vão longe. O empregador pode, até ir sozinho, se desejar e terá todo o suporte necessário através dos conciliadores que são preparados para isto. A CCP equilibra poderes entre setores.

Todos os trabalhadores representados por trabalhadores e empregadores, desde que suas entidades representativas tenham um termo de adesão a Comissão de Conciliação Prévia.

Deixe seu comentário

Site Seu blog ou página pessoal


1. Os sites do Sistema Fiep incentivam a prática do debate responsável. São abertos a todo tipo de opinião. Mas não aceitam ofensas. Serão deletados comentários contendo insulto, difamação ou manifestações de ódio e preconceito;
2. São um espaço para troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua. Não serão tolerados ataques pessoais, ameaças, exposição da privacidade alheia, perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento;
3. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado; informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos;
4. Defendemos discussões transparentes, mas os sites do Sistema Fiep não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza. e
5. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.

 Aceito receber comunicação da Fiep e seus parceiros por e-mail