Sindimadmov
Sindimadmov

Conheça o FAP / NTEP

Conheça o FAP / NTEP

 

 

Nexos Técnicos Previdenciários.

O que são?

 

A Previdência Social descreve em seu Regulamento de Benefícios Previdenciários (Decreto nº 3.048/1999) as seguintes possibilidades de nexos técnicos.

 

  1. Nexo Técnico Profissional ou do Trabalho: nexo técnico profissional ou do trabalho, fundamentado nas associações entre patologias e exposições constantes das listas A e B do anexo II do Decreto nº 3.048, de 1999;
  2. Nexo Técnico por Doença Equiparada a Acidente de Trabalho ou Nexo Técnico Individual: nexo técnico por doença equiparada a acidente de trabalho ou nexo técnico individual, decorrente de acidentes de trabalho típicos ou de trajeto, bem como de condições especiais em que o trabalho é realizado e com ele relacionado diretamente, nos termos do Parágrafo 2º do art. 20 da Lei nº 8.213/91;
  3. Nexo Técnico Epidemiológico Previdenciário (NTEP): aplicável quando houver significância estatística da associação entre o código da Classificação Internacional de Doenças-CID e o da Classificação Nacional da Atividade Econômica-CNAE, na parte inserida pelo Decreto nº 6.042/07, na lista B do anexo II do Decreto nº 3.048/99.

 

 

Impugnação dos Nexos Técnicos Previdenciários.

Nexo Técnico Profissional ou do Trabalho.

 

A empresa poderá interpor recurso ao Conselho de Recursos da Previdência Social (CRPS), em até 30 (trinta) dias após a data em que tomar conhecimento da concessão do beneficio em espécie acidentaria por Nexo Técnico Profissional ou do Trabalho (listas A e B), conforme artigo 126 da Lei nº 8.213/1991, quando dispuser de evidências que demonstrem que os agravos não possuem nexo com o trabalho exercido pelo trabalhador. O recurso interposto contra o estabelecimento de nexo técnico, com base no anexo II do Decreto nº 3.048/1999, não terá efeito suspensivo.

 

 

Nexo Técnico por Doença Equiparada a Acidente de Trabalho ou Nexo Técnico Individual.

 

A empresa poderá interpor recurso ao Conselho de Recursos da Previdência Social (CRPS), até 30 dias após a data em que tomar conhecimento da concessão do beneficio em espécie acidentária por Nexo Técnico por Doença Equiparada a Acidente de Trabalho ou Nexo Técnico Individual, conforme artigo 126 da Lei nº 8.213/1991, quando dispuser de evidencias que demonstrem que os agravos não possuem nexo técnico com o trabalho exercido pelo trabalhador. O recurso interposto contra o estabelecimento de nexo técnico com base no Parágrafo 2º do artigo 20 da Lei nº 8.213/1991.

Nexo Técnico Epidemiológico Previdenciário (NTEP)

 

Deixe seu comentário

Site Seu blog ou página pessoal


1. Os sites do Sistema Fiep incentivam a prática do debate responsável. São abertos a todo tipo de opinião. Mas não aceitam ofensas. Serão deletados comentários contendo insulto, difamação ou manifestações de ódio e preconceito;
2. São um espaço para troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua. Não serão tolerados ataques pessoais, ameaças, exposição da privacidade alheia, perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento;
3. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado; informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos;
4. Defendemos discussões transparentes, mas os sites do Sistema Fiep não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza. e
5. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.

 Aceito receber comunicação da Fiep e seus parceiros por e-mail
 

Associe-se ao

Sindimadmov

Associe-se