Simadi
Simadi
. - 15/12/2011

MÓVEIS: Consumo mundial de móveis deve crescer 3,3% em 2012

A produção mundial de móveis gira em torno de US$ 376 bilhões, conforme o estudo ?World Furniture Outlook 2012?, divulgado neste mês de dezembro pelo instituto italiano de pesquisas Csil ? Centre for Industrial Studies, com sede em Milão.

Com base nos dados dos 70 países de atuação mais relevante para o mercado mundial de mobiliário, esta edição do levantamento, que é realizado anualmente e comercializado pelo Csil, aponta que o comércio global de móveis deve registrar crescimento tanto em 2011 quanto em 2012, mesmo diante do dramático cenário internacional.

Segundo aponta a pesquisa, o comércio mundial de móveis vem crescendo mais rapidamente que a produção nos últimos 10 anos. Em 2008, atingiu o seu pico, registrando US$ 118 bilhões. No ano seguinte, refletindo a crise mundial, caiu 19% em relação aos resultados do ano anterior, ficando em US$ 96 bilhões. A partir de 2010 começou a se recuperar novamente, atingindo US$ 107 bilhões. Para 2011, a previsão é de expansão de 6%, registrando US$ 113 bilhões. Em 2012, o crescimento deve ser de 2%, na leitura do Csil, chegando a US$ 116 bilhões. Tais previsões, pondera o instituto, estão sujeitas às movimentações no cenário internacional ao longo de 2011, em especial quanto à instabilidade do mercado financeiro, crises nas principais economias e elevações no preço do petróleo.


Emergentes

Ainda de acordo com o panorama do Csil, o setor deve registrar crescimento mundial de 3,3% em 2012, “graças à contribuição das economias emergentes”. Conforme as previsões do “Outlook 2012”, as regiões onde o consumo de móveis mais deve crescer no ano que vem são Ásia e Pacífico (em torno de 6,5%), América do Sul (aproximadamente 4%) e Oriente Médio e África (cerca de 3,5%).
As previsões apontam ainda para estagnação na Europa (em que a recessão nas economias ocidentais será equilibrada pelo crescimento no Leste Europeu) e crescimento contido (em torno de 2%) nos Estados Unidos, que continua sendo o maior importador de mobiliário do mundo, seguido de Alemanha, França e Reino Unido. Os maiores exportadores são China, Itália, Alemanha e Polônia.

Fonte: REMADE

Deixe seu comentário

Site Seu blog ou página pessoal


1. Os sites do Sistema Fiep incentivam a prática do debate responsável. São abertos a todo tipo de opinião. Mas não aceitam ofensas. Serão deletados comentários contendo insulto, difamação ou manifestações de ódio e preconceito;
2. São um espaço para troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua. Não serão tolerados ataques pessoais, ameaças, exposição da privacidade alheia, perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento;
3. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado; informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos;
4. Defendemos discussões transparentes, mas os sites do Sistema Fiep não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza. e
5. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.

 Aceito receber comunicação da Fiep e seus parceiros por e-mail
 

Filie-se

Associe-se