Simagran PR
Simagran PR
Visibilidade - 21/03/2013

Lançamento do Cadastro das Indústrias reúne empresários

A publicação da edição de 2013 auxilia na exposição das indústrias paranaenses no Brasil e em outros países

Com o objetivo de divulgar e aumentar a exposição das indústrias paranaenses no Brasil e em outros países, empresários do Paraná participaram do lançamento da 15ª edição do Cadastro das Indústrias 2013, realizado no dia 28 de fevereiro, em Curitiba/PR. Publicado pela Fiep, por meio do Centro Internacional de Negócios (CIN), o lançamento do cadastro aconteceu na sede da Fiep, e reuniu o vice-presidente da federação, Rommel Barion, o superintendente do Sistema Fiep, Ovaldir Nardin, o diretor da Editora de Guias Especiais (EBGE), Marco Monteiro, o Analista de Políticas e Indústria da Confederação Nacional da Indústria, Felipe Spaniol e a gerente do CIN, Janet Pacheco.

“O cadastro, que existe há mais de dez anos, serve como uma vitrine para o fomento de negócios nacionais e internacionais”, explicou a gerente do CIN. Segundo ela, as informações contidas no material são enviadas para embaixadas e consulados fora do país com o propósito de aumentar ainda mais a competitividade das empresas e indústrias do Paraná.

A edição deste ano conta com 8.800 empresas cadastradas e é trilíngue (português, inglês e espanhol). Além disso, o material também está disponível em três formatos: impresso, CD-Rom e digital e é editado pela EBGE.

Deixe seu coment�rio

Site Seu blog ou p�gina pessoal


1. Os sites do Sistema Fiep incentivam a pr�tica do debate respons�vel. S�o abertos a todo tipo de opini�o. Mas n�o aceitam ofensas. Ser�o deletados coment�rios contendo insulto, difama��o ou manifesta��es de �dio e preconceito;
2. S�o um espa�o para troca de id�ias, e todo leitor deve se sentir � vontade para expressar a sua. N�o ser�o tolerados ataques pessoais, amea�as, exposi��o da privacidade alheia, persegui��es (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento;
3. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus coment�rios e pelo impacto por ele causado; informa��es equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos;
4. Defendemos discuss�es transparentes, mas os sites do Sistema Fiep n�o se disp�em a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza. e
5. Dos leitores, n�o se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam diverg�ncias, que acreditamos pr�prias de qualquer debate de id�ias.

 Aceito receber comunica��o da Fiep e seus parceiros por e-mail