Carregando...

Uma Jornada pelas 8 Décadas

Uma Jornada pelas 8 Décadas

Para celebrar essa data especial, destacamos alguns dos principais eventos que ilustram a força da Fiep e seu papel fundamental na indústria paranaense:

10

Fiep

1943

Ponto de Partida

Em 8 de outubro, na sede do Sindicato da Indústria do Mate, em Curitiba, um marco histórico foi estabelecido. Representantes sindicais e o delegado regional do Ministério do Trabalho se uniram com um objetivo em comum: fortalecer a indústria paranaense. Nomearam Heitor Stockler de França como presidente provisório da futura Federação das Indústrias do Paraná e deram início aos debates para definir os estatutos da entidade que se tornaria a voz e o escudo do setor industrial do estado.

Primeira Sede

1943

Primeira Sede

Foi estabelecida a primeira sede da Fiep, na Av. Marechal Floriano Peixoto, 134, junto ao Sindicato da Indústria do Mate.

1943

Fundação do Senai

O Senai foi fundado no Paraná em 12 de março, na Rua Chile, com o papel de operacionalizar a ação integrada das atividades de formação profissional, de acordo com as diretrizes e normas definidas pelas classes empresariais.

1944

Fundação da Fiep

Em 18 de agosto, no Ministério do Trabalho, foi assinada a Carta Sindical autorizando a criação e fundação da Fiep, o qual estabelece que a entidade tem como base territorial todo o Estado do Paraná.

1946

Criação do Sesi

Em uma reunião da CNI, foi criado o Sesi Paraná com a presença do presidente Heitor Stockler de França, Roberto Simonsen, Euvaldo Lodi, Armando de Arruda Pereira e Gastão de Brito.

Criação do Sesi
Senai no interior

1951

Senai no interior

Foi estabelecida a primeira instalação do Senai no interior do Paraná, em Londrina, na Rua Belém, 844, permanecendo até hoje como sede do Senai e também do Sesi.

20

Fiep

1958

Posse de Lydio Paulo Bettega

Tomou posse o segundo presidente a assumir a Fiep (1958 a 1968), fazendo uma gestão que modernizou a indústria paranaense, expandindo cursos, fortalecendo entidades e atraindo investimentos.

Posse de Lydio Paulo Bettega

1959

1ª Unidade Móvel de Saúde

Para expandir o atendimento ao interior e potencializar o da capital, foram criadas unidades móveis, sendo a primeira a Unidade Móvel de Abreugrafia do Cadastro Torácico.

1959

Curso de Corte e Costura do Sesi
Curso de Corte e Costura do Sesi
Aula prática de Tornearia Mecânica no Senai de Londrina

1959

Aula prática de Tornearia Mecânica no Senai de Londrina

1962

Crise Elétrica em Curitiba

Em 1962, Curitiba crescia rapidamente, superando a capacidade energética da Companhia de Força e Luz do Paraná. Neste ano, a Fiep mediou uma solução com a usina termoelétrica que adicionou mais de 10.500 kW à Companhia.

Crise Elétrica em Curitiba
30

Fiep

1967

Inauguração da Nova Sede Fiep

Em 27 de novembro, com o apoio de empresários e do presidente Lydio Paulo Bettega, foi inaugurada a nova sede da Fiep. Situado na Av. Cândido de Abreu, o edifício imponente expressava, em suas linhas modernas, a importância de um Estado que começava a assumir posição de destaque na indústria nacional.

Inauguração da Nova Sede Fiep
25 anos

1969

25 anos

Em 18 de agosto aconteceu a solenidade em celebração aos 25 anos da Federação das Indústrias do Estado do Paraná.

1969

Criação do IEL

Fundação do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) em 21 de agosto de 1969 pelo Presidente da Fiep Mário De Mari, com intuito de levar o conhecimento acadêmico para dentro das empresas.

Fundação da CIC

1970

Fundação da CIC

Em 1973 surge a Cidade Industrial de Curitiba, unindo na capital uma grande quantidade de empresas de transformação de alta tecnologia. Importante indutor do desenvolvimento industrial do município, a CIC atraiu empresas como Siemens, New Holland, Volvo.

1973

Centro de Celulose e Papel

Em 7 de dezembro foi inaugurada a Escola Senai e Centro Técnico de Celulose e Papel, em Telêmaco Borba. Atualmente o espaço é conhecido como Instituto de Papel e Celulose.

Centro de Celulose e Papel
40

Fiep

1976

Exportação de Porcelana

Na Fábrica de Porcelana Schmidt (Campo Largo), foi inaugurado o maior forno de porcelana do mundo, impulsionando a liderança da marca paranaense na América Latina.

Exportação de Porcelana
Centro de Formação da CIC

1976

Centro de Formação da CIC

Inauguração do Centro de Formação Profissional da CIC: um marco para a Indústria do Paraná.

1979

Sesi Ponta Grossa

Em 27 de julho foi inaugurado o Centro de Atividades do Sesi de Ponta Grossa.

Sesi Ponta Grossa
Curso de Panificação

1980

Curso de Panificação

O Centro de Formação Profissional da CIC investiu em adequações para oferecer o curso de panificação. Atualmente o serviço evoluiu, sendo ofertado também pelas Escolas Móveis do Senai.

1983

Clube do Trabalhador

O centro de lazer passou a ser reconhecido como um importante polo educacional da região. Hoje segue em pleno funcionamento como Unidade Boqueirão.

Clube do Trabalhador
50

Fiep

1986

Escola Técnica

A Escola Técnica de Saneamento (CETSAM) foi criada em Curitiba para treinar e capacitar profissionais da área de saneamento de todo o Brasil.

Escola Técnica
Sesi/Senai Campo Mourão

1989

Sesi/Senai Campo Mourão

O Centro de atividades e da Agência de Assistência às Empresas de Campo Mourão foi inaugurado em 6 de outubro, oferecendo cursos em diversas áreas.

1989

45 Anos

O Presidente da Fiep, Jorge Aloysio Weber, em solenidade comemorativa aos 45 anos da instituição.

45 Anos
CETMAM São José dos Pinhais

1993

CETMAM São José dos Pinhais

O Centro de Tecnologia da Madeira e do Mobiliário foi inaugurado em 14 de dezembro e se tornou referência nacional em madeira e mobiliário. Atualmente o espaço abriga o Centro de Tecnologia MadeiraMadeira.

60

Fiep

1997

Inauguração do Ceapar

Foi inaugurado o Centro Automotivo do Paraná com o objetivo de formar profissionais capacitados para atender às necessidades da indústria automotiva.

Inauguração do Ceapar
Construção do CIETEP

1998

Construção do CIETEP

Criação do Centro de Inovação, Educação, Tecnologia e Empreendedorismo do Paraná, atualmente conhecido como o grandioso Campus da Indústria.

2004

Indicadores de Sustentabilidade

Lançado em 2004 pela Fiep, o Observatório de Indicadores de Sustentabilidade (ORBIS), analisa indicadores de sustentabilidade e os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

2004

Observatório da Indústria

No mês de julho, a "Revista Indústria" foi reestruturada e nasceu assim a "Revista Observatório da Indústria", com foco global.

70

Fiep

2005

Agenda Legislativa da Indústria

Foi lançada pela Fiep a Defesa dos legítimos interesses da indústria do Paraná.

2006

Valorização Sindical

Com o objetivo de fortalecer e valorizar os Sindicatos empresariais da Indústria do Paraná, foi criado o Movimento Valorização Sindical Fiep.

2009

65 Anos

O Presidente da Fiep Rodrigo da Rocha Loures e presidentes dos sindicatos fundadores da Fiep se uniram para comemorar os 65 anos da entidade.

65 Anos
Fóruns Setoriais

2013

Fóruns Setoriais

18 encontros entre 2011 e 2013, buscando soluções em mais de 20 segmentos da indústria.

2013

ISI Eletroquímica

Inauguração do Instituto Senai de Inovação em Eletroquímica, um espaço para geração de tecnologia de ponta para a Indústria, sediado no Campus da Indústria, em Curitiba.

ISI Eletroquímica

2015

Casa da Indústria

Foram criados espaços compartilhados que promovem iniciativas voltadas à representatividade industrial para incentivo ao associativismo e ao desenvolvimento das indústrias locais.

80

Fiep

2015

Encontro das MPIs

O Encontro das Micro e Pequenas Indústrias, realizado nos anos de 2015 e 2017, em parceria com o Sebrae, criou novas oportunidades aos mais de 2.200 participantes.

Encontro das MPIs
Prêmio Melhores Práticas Sindicais

2016

Prêmio Melhores Práticas Sindicais

3 projetos foram reconhecidos com o prêmio: 7° Congresso Nacional Moveleiro, o ID Fashion 2015 e o Encontro Internacional de Negócios do Setor Metalmecânico.

2018

Encontro de Executivos Sindicais

Criação do Programa de Desenvolvimento de Executivos Sindicais com foco na profissionalização de executivos para uma atuação moderna e inovadora na gestão operacional dos sindicatos.

Encontro de Executivos Sindicais
75 anos

2019

75 anos

Fiep comemora 75 anos de atuação em evento com homenagens a industriais e personalidades.

2022

Indústria + Produtiva Sindicatos

Ação inovadora com R$1,5 milhão aportados pela Fiep, 84 sindicatos participantes e 336 indústrias associadas participantes.

Indústria + Produtiva Sindicatos
Parque Tecnológico da indústria

2023

Parque Tecnológico da indústria

Através de uma combinação de experiência e determinação, a Fiep oferece um amplo conjunto de serviços para empresas, indústrias e sindicatos patronais.

2023

Posse da Diretoria Eleita

Na noite do dia 23 de outubro, aconteceu a posse da Diretoria da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) eleita para o quadriênio 2023-2027.

Posse da Diretoria Eleita
Fóruns Regionais da Indústria

2024

Fóruns Regionais da Indústria

Os Fóruns Regionais da Indústria são uma iniciativa da Fiep para fortalecer o setor industrial em todas as regiões paranaenses.

Uma Jornada pelas 8 Décadas

Uma Jornada pelas 8 Décadas

Para celebrar essa data especial, destacamos alguns dos principais eventos que ilustram a força da Fiep e seu papel fundamental na indústria paranaense:

10 Anos

1943 a 1954

1943

Ponto de Partida

Em 8 de outubro, na sede do Sindicato da Indústria do Mate, em Curitiba, um marco histórico foi estabelecido. Representantes sindicais e o delegado regional do Ministério do Trabalho se uniram com um objetivo em comum: fortalecer a indústria paranaense. Nomearam Heitor Stockler de França como presidente provisório da futura Federação das Indústrias do Paraná e deram início aos debates para definir os estatutos da entidade que se tornaria a voz e o escudo do setor industrial do estado.

Primeira Sede

1943

Primeira Sede

Foi estabelecida a primeira sede da Fiep, na Av. Marechal Floriano Peixoto, 134, junto ao Sindicato da Indústria do Mate.

1943

Fundação do Senai

O Senai foi fundado no Paraná em 12 de março, na Rua Chile, com o papel de operacionalizar a ação integrada das atividades de formação profissional, de acordo com as diretrizes e normas definidas pelas classes empresariais.

1944

Fundação da Fiep

Em 18 de agosto, no Ministério do Trabalho, foi assinada a Carta Sindical autorizando a criação e fundação da Fiep, o qual estabelece que a entidade tem como base territorial todo o Estado do Paraná.

1946

Criação do Sesi

Em uma reunião da CNI, foi criado o Sesi Paraná com a presença do presidente Heitor Stockler de França, Roberto Simonsen, Euvaldo Lodi, Armando de Arruda Pereira e Gastão de Brito.

Criação do Sesi
Senai no interior

1951

Senai no interior

Foi estabelecida a primeira instalação do Senai no interior do Paraná, em Londrina, na Rua Belém, 844, permanecendo até hoje como sede do Senai e também do Sesi.

20 Anos

1955 a 1964

1958

Posse de Lydio Paulo Bettega

Tomou posse o segundo presidente a assumir a Fiep (1958 a 1968), fazendo uma gestão que modernizou a indústria paranaense, expandindo cursos, fortalecendo entidades e atraindo investimentos.

Posse de Lydio Paulo Bettega

1959

1ª Unidade Móvel de Saúde

Para expandir o atendimento ao interior e potencializar o da capital, foram criadas unidades móveis, sendo a primeira a Unidade Móvel de Abreugrafia do Cadastro Torácico.

1959

Curso de Corte e Costura do Sesi
Curso de Corte e Costura do Sesi
Aula prática de Tornearia Mecânica no Senai de Londrina

1959

Aula prática de Tornearia Mecânica no Senai de Londrina

1962

Crise Elétrica em Curitiba

Em 1962, Curitiba crescia rapidamente, superando a capacidade energética da Companhia de Força e Luz do Paraná. Neste ano, a Fiep mediou uma solução com a usina termoelétrica que adicionou mais de 10.500 kW à Companhia.

Crise Elétrica em Curitiba

30 Anos

1965 a 1974

1967

Inauguração da Nova Sede Fiep

Em 27 de novembro, com o apoio de empresários e do presidente Lydio Paulo Bettega, foi inaugurada a nova sede da Fiep. Situado na Av. Cândido de Abreu, o edifício imponente expressava, em suas linhas modernas, a importância de um Estado que começava a assumir posição de destaque na indústria nacional.

Inauguração da Nova Sede Fiep
25 anos

1969

25 anos

Em 18 de agosto aconteceu a solenidade em celebração aos 25 anos da Federação das Indústrias do Estado do Paraná.

1969

Criação do IEL

Fundação do Instituto Euvaldo Lodi (IEL) em 21 de agosto de 1969 pelo Presidente da Fiep Mário De Mari, com intuito de levar o conhecimento acadêmico para dentro das empresas.

Fundação da CIC

1970

Fundação da CIC

Em 1973 surge a Cidade Industrial de Curitiba, unindo na capital uma grande quantidade de empresas de transformação de alta tecnologia. Importante indutor do desenvolvimento industrial do município, a CIC atraiu empresas como Siemens, New Holland, Volvo.

1973

Centro de Celulose e Papel

Em 7 de dezembro foi inaugurada a Escola Senai e Centro Técnico de Celulose e Papel, em Telêmaco Borba. Atualmente o espaço é conhecido como Instituto de Papel e Celulose.

Centro de Celulose e Papel

40 Anos

1975 a 1984

1976

Exportação de Porcelana

Na Fábrica de Porcelana Schmidt (Campo Largo), foi inaugurado o maior forno de porcelana do mundo, impulsionando a liderança da marca paranaense na América Latina.

Exportação de Porcelana
Centro de Formação da CIC

1976

Centro de Formação da CIC

Inauguração do Centro de Formação Profissional da CIC: um marco para a Indústria do Paraná.

1979

Sesi Ponta Grossa

Em 27 de julho foi inaugurado o Centro de Atividades do Sesi de Ponta Grossa.

Sesi Ponta Grossa
Curso de Panificação

1980

Curso de Panificação

O Centro de Formação Profissional da CIC investiu em adequações para oferecer o curso de panificação. Atualmente o serviço evoluiu, sendo ofertado também pelas Escolas Móveis do Senai.

1983

Clube do Trabalhador

O centro de lazer passou a ser reconhecido como um importante polo educacional da região. Hoje segue em pleno funcionamento como Unidade Boqueirão.

Clube do Trabalhador

50 Anos

1985 a 1994

1986

Escola Técnica

A Escola Técnica de Saneamento (CETSAM) foi criada em Curitiba para treinar e capacitar profissionais da área de saneamento de todo o Brasil.

Escola Técnica
Sesi/Senai Campo Mourão

1989

Sesi/Senai Campo Mourão

O Centro de atividades e da Agência de Assistência às Empresas de Campo Mourão foi inaugurado em 6 de outubro, oferecendo cursos em diversas áreas.

1989

45 Anos

O Presidente da Fiep, Jorge Aloysio Weber, em solenidade comemorativa aos 45 anos da instituição.

45 Anos
CETMAM São José dos Pinhais

1993

CETMAM São José dos Pinhais

O Centro de Tecnologia da Madeira e do Mobiliário foi inaugurado em 14 de dezembro e se tornou referência nacional em madeira e mobiliário. Atualmente o espaço abriga o Centro de Tecnologia MadeiraMadeira.

60 Anos

1995 a 2004

1997

Inauguração do Ceapar

Foi inaugurado o Centro Automotivo do Paraná com o objetivo de formar profissionais capacitados para atender às necessidades da indústria automotiva.

Inauguração do Ceapar
Construção do CIETEP

1998

Construção do CIETEP

Criação do Centro de Inovação, Educação, Tecnologia e Empreendedorismo do Paraná, atualmente conhecido como o grandioso Campus da Indústria.

2004

Indicadores de Sustentabilidade

Lançado em 2004 pela Fiep, o Observatório de Indicadores de Sustentabilidade (ORBIS), analisa indicadores de sustentabilidade e os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

2004

Observatório da Indústria

No mês de julho, a "Revista Indústria" foi reestruturada e nasceu assim a "Revista Observatório da Indústria", com foco global.

70 Anos

2005 a 2014

2005

Agenda Legislativa da Indústria

Foi lançada pela Fiep a Defesa dos legítimos interesses da indústria do Paraná.

2006

Valorização Sindical

Com o objetivo de fortalecer e valorizar os Sindicatos empresariais da Indústria do Paraná, foi criado o Movimento Valorização Sindical Fiep.

2009

65 Anos

O Presidente da Fiep Rodrigo da Rocha Loures e presidentes dos sindicatos fundadores da Fiep se uniram para comemorar os 65 anos da entidade.

65 Anos
Fóruns Setoriais

2013

Fóruns Setoriais

18 encontros entre 2011 e 2013, buscando soluções em mais de 20 segmentos da indústria.

2013

ISI Eletroquímica

Inauguração do Instituto Senai de Inovação em Eletroquímica, um espaço para geração de tecnologia de ponta para a Indústria, sediado no Campus da Indústria, em Curitiba.

ISI Eletroquímica

2015

Casa da Indústria

Foram criados espaços compartilhados que promovem iniciativas voltadas à representatividade industrial para incentivo ao associativismo e ao desenvolvimento das indústrias locais.

80 Anos

2015 a 2024

2015

Encontro das MPIs

O Encontro das Micro e Pequenas Indústrias, realizado nos anos de 2015 e 2017, em parceria com o Sebrae, criou novas oportunidades aos mais de 2.200 participantes.

Encontro das MPIs
Prêmio Melhores Práticas Sindicais

2016

Prêmio Melhores Práticas Sindicais

3 projetos foram reconhecidos com o prêmio: 7° Congresso Nacional Moveleiro, o ID Fashion 2015 e o Encontro Internacional de Negócios do Setor Metalmecânico.

2018

Encontro de Executivos Sindicais

Criação do Programa de Desenvolvimento de Executivos Sindicais com foco na profissionalização de executivos para uma atuação moderna e inovadora na gestão operacional dos sindicatos.

Encontro de Executivos Sindicais
75 anos

2019

75 anos

Fiep comemora 75 anos de atuação em evento com homenagens a industriais e personalidades.

2022

Indústria + Produtiva Sindicatos

Ação inovadora com R$1,5 milhão aportados pela Fiep, 84 sindicatos participantes e 336 indústrias associadas participantes.

Indústria + Produtiva Sindicatos
Parque Tecnológico da indústria

2023

Parque Tecnológico da indústria

Através de uma combinação de experiência e determinação, a Fiep oferece um amplo conjunto de serviços para empresas, indústrias e sindicatos patronais.

2023

Posse da Diretoria Eleita

Na noite do dia 23 de outubro, aconteceu a posse da Diretoria da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) eleita para o quadriênio 2023-2027.

Posse da Diretoria Eleita
Fóruns Regionais da Indústria

2024

Fóruns Regionais da Indústria

Os Fóruns Regionais da Indústria são uma iniciativa da Fiep para fortalecer o setor industrial em todas as regiões paranaenses.

Galeria de Presidentes

Confira os líderes que deixaram suas marcas na história da Fiep, contribuindo para o desenvolvimento e progresso da indústria paranaense.

  • Heitor Stockler de França
    Heitor Stockler de França

    Gestão (1946 - 1958)

    Mais detalhes
    Presidiu a Fiep por 12 anos, período crucial para a industrialização do Paraná. Sua gestão foi marcada pela criação do Senai e Sesi Paraná, participação na CNI, forte articulação com o setor industrial e governo, resultando na construção da sede da Fiep, cursos profissionalizantes, eventos e campanhas. A homenagem do Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França reconhece sua importância para a história da indústria paranaense.
  • Lydio Paulo Bettega
    Lydio Paulo Bettega

    Gestão (1958 - 1968)

    Mais detalhes
    Lydio Paulo Bettega foi o segundo Presidente a assumir a Fiep (1958 a 1968). Consolidou o desenvolvimento industrial do Paraná, impulsionando a modernização e diversificação do setor. Através de sua visão estratégica, Bettega modernizou e diversificou o setor, construindo uma nova sede para a Fiep, expandindo e diversificando os cursos do Senai, fortalecendo o Sesi, promovendo a interiorização da indústria, representando o Paraná na CNI, liderando a criação da ABDI, atraindo investimentos para o estado e consolidando a Fiep como referência nacional.
  • Mário De Mari
    Mário De Mari

    Gestão (1968 - 1974)

    Mais detalhes
    Assumiu a Presidência da Federação das Indústrias do Estado do Paraná em outubro de 1968, permanecendo até 1974. Durante sua gestão, foram estabelecidos empreendimentos significativos, como a criação da ABENSEIPA (posteriormente ABESSFI), a implementação de centros de formação profissional do Senai em diversas cidades paranaenses, a inauguração do Centro de Comércio Exterior do Paraná (Cexpar) e do Ginásio do Trabalhador (Teatro do Sesi). Sua contribuição foi reconhecida com a Medalha do Mérito Industrial do Paraná, instituída pela Fiep em 1972.
  • Altavir Zaniolo
    Altavir Zaniolo

    Gestão (1974 - 1986)

    Mais detalhes
    Sua atuação pelo Paraná foi marcada pela gestão de 12 anos como Presidente da FIEP, além de se fazer presente em múltiplos organismos do empresariado paranaense. Foi um líder empresarial visionário modernizando a gestão e expandindo sua atuação. Criou o Conselho Superior de Economia e integrou diversos clubes e associações. Reformulou a Medalha do Mérito Industrial, inaugurou o Sesi Clube do Trabalhador e expandiu o Senai com centros em diversas cidades e a Escola Técnica de Saneamento.
  • Jorge Aloysio Weber
    Jorge Aloysio Weber

    Gestão (1986 - 1995)

    Mais detalhes
    Teve participação ativa em vários trabalhos de organização junto a empresas dos estados do Sul. Sua gestão foi marcada pela criação de 44 Sindicatos Patronais e pela implementação de diversos empreendimentos, incluindo o Centro Integrado Fiep/Sesi/Senai de Guarapuava, o Sesi Centro de Atividades de Campo Mourão, e vários núcleos de assessoria às empresas do Senai em diferentes cidades do estado.
  • José Carlos Gomes Carvalho
    José Carlos Gomes Carvalho

    Gestão (1995 - 2003)

    Mais detalhes
    Foi presidente da Fiep no período de 1995 a 2003 e desempenhou papéis importantes na política e no setor empresarial, incluindo ser Senador pelo Paraná de 1987 a 1995. Seu legado inclui empreendimentos como os Núcleos de Assessoria às Empresas do Senai em Francisco Beltrão e Umuarama, a Certificação ISO 9001 para o Senai do Paraná, o Centro Automotivo do Paraná (Ceapar) e o Centro de Inovação, Educação, Tecnologia e Empreendedorismo do Paraná (CIETEP), entre outros.
  • Rodrigo Costa da Rocha Loures
    Rodrigo Costa da Rocha Loures

    Gestão (2003 - 2011)

    Mais detalhes
    Presidiu a Fiep desde 1º de outubro de 2003, sendo reeleito em 2007 para mais quatro anos de liderança. Durante sua gestão, destacam-se empreendimentos como a Rede de Tecnologia do Paraná (RETEC), que promove avanços tecnológicos, e a Rede de Participação Política do Empresariado, fortalecendo a influência do setor. Um marco de sua administração foi a implantação do Cartão Sesi em 2006, evidenciando seu compromisso com o bem-estar dos trabalhadores e suas famílias.
  • Edson Luiz Campagnolo
    Edson Luiz Campagnolo

    Gestão (2011 - 2019)

    Mais detalhes
    Edson Luiz Campagnolo liderou a Fiep de 2011 a 2019, período marcado por feitos importantes. Destaque para o primeiro Instituto Senai de Inovação (ISI) do Brasil, focado em Eletroquímica, impulsionando a competitividade industrial. Introduziu o Prêmio Pinheiro de Ouro e a Campanha Vote Bem. No Sesi, lançou o programa Cuide-se+ para melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores, famílias e comunidade, cobrindo oito áreas-chave.
  • Carlos Valter Martins
    Carlos Valter Martins

    Gestão (2019 - 2023)

    Mais detalhes
    Assumiu a presidência em outubro de 2019 para um mandato de quatro anos. Sua gestão enfrentou a pandemia de Covid-19, destacando-se pela mudança no modelo de gestão e foco na indústria. Investiu R$350 milhões em dois anos, priorizando serviços para a indústria e obtendo resultados expressivos. A eficácia do modelo matricial foi atribuída à colaboração de toda a equipe.
  • Edson José de Vasconcelos
    Edson José de Vasconcelos

    Gestão (2023 - 2027)

    Mais detalhes
    Presidente da Paraná Energia e experiente no associativismo empresarial, assume a presidência da Fiep após anos de liderança em várias organizações, incluindo a ACIC e o Sinduscon Paraná-Oeste. Com vasta experiência em infraestrutura e energia renovável, traz consigo uma visão abrangente para sua gestão na Fiep.
Background image

Descubra histórias inspiradoras

8 décadas de sucesso dos industriais paranaenses com a Fiep

Célia Oliveira Souza Catussi

Vice-presidente da Fiep, Vice-coordenadora do Conselho Temático de Infraestrutura da Fiep e presidente do Sinduscon Norte

No setor da Construção Civil, a Fiep tem grande relevância principalmente na qualificação de mão de obra, na formação voltada à empregabilidade e ao treinamento profissional. Hoje, utilizamos muito esses recursos que são uma importante ferramenta para que as empresas possam crescer e ganhar competividade. Outra questão é ser referência de informação em questões que são tratadas nas esferas estadual e federal, como os temas tributários. Sabemos que não estamos isolados, interagimos com outros segmentos e a Fiep é um elo de ligação importante para tirar dúvidas e nos auxiliar nas melhores decisões

Daniel de Azevedo Kümmel

Coordenador do Conselho Setorial da Indústria de Alimentos e Bebidas, presidente do Sindicato da Indústria do Trigo no Estado do Paraná e industrial

A Fiep sempre teve uma presença importante na defesa do setor moageiro, acompanhando a nossa evolução. São 70 anos de batalha do sindicato e 80 anos da Fiep, sempre caminhando juntos na defesa dos interesses do segmento. Um bom exemplo é o nosso parque moageiro no Paraná, que necessita de incentivos para as vendas externas fora do nosso estado. A Fiep no auxilia firmemente para o equilíbrio das questões tributárias, o que é extremamente importante para que tenhamos competitividade dentro e fora do Paraná

Nelson Hübner

Industrial e coordenador do Conselho Temático da Indústria de Materiais de Defesa e Segurança (Comdefesa)

O trabalho dos Conselhos Temáticos e Setoriais da Fiep é muito importante porque reúne empresários e profissionais com conhecimento técnico nas mais diversas áreas. Essa experiência é compartilhada e nos ajuda na tomada de decisões mais seguras e assertivas em nossos segmentos de atuação. Sem falar nos programas oferecidos aos sindicatos associados, por meios das casas Sesi e Senai, que tratam de formação profissional e assistência à saúde com qualidade

Cícero Gulyas Spartalis

Desde a graduação, quando tive a oportunidade de cursar Usinagem e Soldagem básica no Senai Ponta Grossa, passando pela indústria quando por diversas vezes fui cliente dos serviços do Sesi Saúde e Segurança e treinamentos do Senai, e agora como funcionário do Senai, desde 2016, a Fiep sempre me ajudou a ser um melhor profissional. Tenho muito orgulho de fazer parte desta instituição que tanto apoia a indústria.e muito orgulho em ter sido capacitado por ela.

Adriana Dalermo Ferreira Ribeiro

Quero parabenizar a empresa pela excelência no ambiente de trabalho proporcionado aos seus colaboradores. Trabalho com uma equipe extremamente dedicada e comprometida. Podemos ver valorização dos colaboradores e o incentivo ao crescimento profissional que destacam a empresa como um lugar diferenciado para se trabalhar. Comecei como merendeira na Educação Infantil e hoje estou no cargo de Monitora de alunos do Ensino Médio e apoio pedagógico. Há 13 anos fazendo parte desse Sistema maravilhoso. Parabéns pelo compromisso com o bem-estar e o desenvolvimento de seus colaboradores!

Joberson Dias da Silva

Desde de criança meu sonho era ser aluno do Senai do CIC, na década de 90 consegui iniciar meu primeiro curso em ferramentaria, porém devido a necessidade fui obrigado a parar para trabalhar.Mas isso não me desanimou, e depois nos anos 2000 consegui concluir outros cursos relacionados a indústria. Toda essa trajetória me fez pegar amor pela educação despertando a vontade de ensinar, tracei o objetivo de vida de ser educador no Senai, investi em conhecimento e experiencias na indústria, e hoje meu sonho foi realizado, em 2023 ingressei como Técnico de ensino no Senai/Fiep de Francisco Beltrão.

Samuel Henrique Machado

Nos últimos 12 anos, a Fiep teve um impacto profundamente positivo em minha trajetória. Iniciei como aluno do SESI e SENAI em 2012 e continuei meus estudos na antiga Faculdade da Indústria. Desde então, fui agraciado com inúmeras oportunidades e experiências enriquecedoras. Agora, como colaborador do SENAI desde 2021, contribuo ativamente para o desenvolvimento do trabalho e moldando o futuro da indústria. A Fiep não apenas me proporcionou uma educação de qualidade, mas também abriu portas para meu crescimento pessoal e profissional, capacitando-me para enfrentar os desafios do mercado.

Sandra da Rosa

Através do sistema FIEP, tive a oportunidade de ser uma colaboradora SENAI! Fazer parte dessa instituição e conhecer a grande estrutura dos cursos técnicos, de aprendizagem, qualificação e aperfeiçoamento oferecido aos alunos, tem sido uma experiência muito positiva e inovadora! Que o sistema FIEP, continue crescendo e fortalecendo o desenvolvimento das indústrias, alunos e dos colaboradores, contribuindo positivamente nessa trajetória!

Sandro Ricardo Busato

Só o fato de fazer parte da história do Sistema Fiep é algo gratificante, só tenho agradecer a todos pela oportunidade de fazer parte.

José Aparecido Sovinski de Andrade

Iniciei minha trajetória com o sistema fiep na minha juventude, estudando por 3 anos no Senai no curso de aprendizagem industrial. Depois ingressei como colaborador no Sesi em 1991, permanecendo até 1999. Retornei em 2007 agora como colaborador Senai, onde estou como técnico de ensino. Portanto dos meus 51 anos de vida, pelo menos 28 anos são de atividades nesta casa, onde aprendi e aprendo muito. Só tenho que agradecer a Fiep, pois meus conhecimentos vem desta casa, e meu crescimento profissional também. Viva a Fiep!!

Davi Néris

Agradeço ao Sistema Fiep, pois proporcionou a mim trabalhar em uma equipe de trabalho fantástica, e quero que saibam que é uma honra trabalhar em uma empresa tão extraordinário quanto esta.

Marcos Sinhorini

Conheci o Senai em 1990 em Paranavaí com os cursos de metal mecânica. Fui aluno, hoje professor.O SENAI me abriu portas para que eu também me tornasse empresário da área metal mecânica, com muito conhecimento técnico. E ajudando o desenvolvimento da minha cidade.

Jane Maria Kremer

Meu início no Sistema Fiep foi em março /2009, atuo como monitora no Colégio Sesi, atualmente Educação Infantil- Sesi Boqueirão. O que dizer: Gratidão, por tudo. Muito aprendizado, conhecimentos e dedicação. Com o meu trabalho, preservo a minha saúde mental em um todo. Amo o que eu faço e me orgulho em fazer parte desta Instituição.

Tamira Dominguez

Eu acredito que a educação é uma ferramenta poderosa para a mudança da nossa sociedade. A metodologia do SESI transborda o conhecimento para além dos muros da escola, criando oportunidades inovadoras, com uma equipe docente que se destaca ao possibilitar experiências significativas para a aprendizagem e o desenvolvimento de seus alunos.

Edenilson Rodrigues Burity

O Sistema FIEP faz parte da minha trajetória, desde de 2007 através de cursos realizados no SENAI e também como técnico de ensino. Em 2010 MBA em Gestão de Projetos e desde então contratado como colaborador. Além de ter a formação de meus dois filhos pelo colégio SESI. Sou muito grato pela oportunidade e poder contribuir para a indústria!

Mariane Renata Pagnan Cendron

Em 2010 dispus da oportunidade de ingressar na primeira turma do colégio Sesi na cidade de Francisco Beltrão, a qual me oportunizou de ir além das matérias básicas do ensino médio, e desenvolver competências essenciais para ingressar no mercado de trabalho. Em 2011 em conjunto com o ensino médio, iniciei o técnico em Segurança do trabalho, a qual em 2012 finalizei o ensino médio e técnico. Em 2019 retornei ao Sistema Fiep como colaboradora, na área de Segurança e Saúde e reconheço que a FIEP, assim como foi comigo, disponibiliza diariamente oportunidade de transformar a vida das pessoas.

Wilson Chaves Sarmento

Em 1990 (14 anos) fiz meu primeiro curso no Sesi do Boqueirão (Datilografia), pelo IEL em 1993 fiz meu primeiro estágio na área industrial (Técnico em Eletrotécnica), 1997 fiz meu primeiro curso no Senai CIC (pneumática industrial), 1998 consegui entrar na Audi Volkswagen e fiz parte da primeira equipe de manutenção industrial (Área da Armação) após um processo conduzido pelo Senai CIC/CETMAN. Atuo como colaborador do SENAI desde janeiro de 2008 na função de Técnico de Ensino e Supervisor Técnico. A Fiep permeia a minha vida profissional de quase 30 anos de atuação. Parabéns pelos 80 anos.

Bianca Regina Casteleira de Oliveira

Em 1998, quando ingressei ao Senai de Paranavaí e futuramente ao Sesi, pude conhecer e vivenciar a importância do fortalecimento da indústria e o desenvolvimento socioeconômico da região. O alto valor agregado a formação de trabalhadores que em conjunto com os industriais, proporciona e possibilita uma vida melhor às pessoas. Não há desenvolvimento profissional, social e intelectual, se não existir uma geração de renda justa e economicamente sustentável e poder participar desta história ao longo destes anos, me enche de orgulho, respeito e muita admiração ao Sistema Fiep!

Jeanete Santos Silva

Orientadora Pedagógica

Deixo registrada aqui a minha gratidão e imenso orgulho em fazer parte do Sistema FIEP, onde atuo como Orientadora Pedagógica há 10 anos. Sem dúvida tem sido anos de muito crescimento pessoal e profissional, graças ao incentivo e valorização recebidos ao longo desse tempo. Aqui também passei por problemas de saúde, inclusive por uma leucemia a qual consegui vencer, sempre com o apoio do time e principalmente dos gestores. Por todos esses motivos o Sistema Fiep sempre estará no meu coração.
Junte-se a nós para impulsionar a indústria paranaense rumo a um futuro ainda mais promissor!

Compartilhe o seu depoimento sobre como a Fiep impactou positivamente a sua trajetória.

Construindo Elos de Progresso

Através de uma combinação de experiência e determinação, a Fiep oferece um amplo conjunto de serviços para empresas, indústrias e sindicatos patronais.

Relações SindicaisElo

Relações Sindicais

As Relações Sindicais da Fiep atuam como elo estratégico entre a indústria e os sindicatos paranaenses, fortalecendo a atuação dos sindicatos e a representatividade da Fiep na defesa dos interesses do setor. Através de ações estratégicas em diversas áreas, como operacional, planejamento, relacionamento e marketing, projetos e programas, as Relações Sindicais contribuem para o desenvolvimento da indústria paranaense, promovendo melhores condições de trabalho, competitividade e geração de emprego e renda, sendo um pilar essencial para o desenvolvimento industrial no estado. 
Relações InternacionaisElo

Relações Internacionais

Com o objetivo de fomentar ações e parcerias regionais e internacionais, as Relações Internacionais da Fiep engloba a promoção e captação de boas práticas, a realização de encontros de negócios, missões, eventos e cursos, além da articulação e gestão de compromissos internacionais, visando projetar a indústria paranaense no mercado global. Adicionalmente, foca no posicionamento e defesa de interesses, na construção de relacionamentos estratégicos e no monitoramento do cenário comercial internacional. Para fortalecer a atuação e posicionamento da indústria, é investido na fomentação de parcerias com clientes Fiep e novos parceiros, na avaliação de viabilidade para inovação e adoção de ferramentas digitais, o fortalecimento da atuação no interior do estado e na implementação de um novo fluxo de vendas, buscando assim uma maior eficiência e competitividade.
Conselhos Temáticos e SetoriaisElo

Conselhos Temáticos e Setoriais

Os Conselhos Temáticos e Setoriais da Fiep atuam como órgãos consultivos para diretrizes e ações prioritárias do Sistema Fiep, promovendo competitividade e desenvolvimento para os setores industriais do Paraná. Compostos por representantes de diversas áreas, buscam soluções sinérgicas em parceria com entidades públicas e privadas, visando melhorias econômicas. A participação é voluntária e de alta relevância para a indústria. 
Relações GovernamentaisElo

Relações Governamentais

As Relações Governamentais defendem os interesses industriais, monitorando proposições legislativas e atos do Executivo. Participam de sessões legislativas, audiências públicas, e oferecem suporte técnico aos Conselhos da Fiep. Constroem posicionamentos em parceria com sindicatos, interagem com autoridades públicas e sugerem alterações legislativas. A Agenda Legislativa da Indústria destaca propostas de impacto, facilitando o diálogo com o poder público para influenciar políticas favoráveis ao setor. 
Desenvolvimento Industrial e SocialElo

Desenvolvimento Industrial e Social

O compromisso com o desenvolvimento industrial e social se reflete em diversos projetos e programas como os Fóruns Regionais da Indústria para construir uma Política Industrial sólida e o Portal de Inteligência Econômica. Além disso, é oferecido assessoria econômica completa, incluindo estudos, análises e pesquisas como Sondagem Industrial e Indicadores Conjunturais. Para promover o desenvolvimento sustentável, contamos com uma Unidade de Finanças Sustentáveis, abrangendo crédito de carbono e títulos verdes, e também fornecemos assessoria de crédito produtivo através do Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC). A Declaração de Exclusividade reforça o comprometimento da Fiep com a transparência e a ética em todas as suas atividades. 
Defesa de InteressesElo

Defesa de Interesses

A Fiep defende os interesses da indústria paranaense, promovendo seu crescimento sustentável e estruturando uma base sólida para o desenvolvimento do estado. A Fiep opera em várias frentes, abrangendo desde a promoção da inovação e da educação até a garantia da segurança e saúde do trabalhador. Por meio de suas diversas unidades oferece uma gama de serviços e programas que apoiam sindicatos, propõem legislação favorável, fomentam novos negócios, capacitam profissionais e impulsionam a inovação e a tecnologia. Assim, a Fiep desempenha um papel crucial no fortalecimento da indústria paranaense, moldando um futuro próspero para todos os envolvidos. 

Acompanhe-nos