Blog

Observatórios

Acompanhe nas redes sociais:
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube

Cadastre-se

e receba nosso informativo

Retrospectiva 2018: Setor Automotivo

Publicado em 20/12/2018

Paraná

Nos últimos dois anos, o Paraná teve um aumento de 146% no número de emplacamentos de carros elétricos, segundo dados do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran).

De olho na economia e também na preservação do meio ambiente, a indústria automotiva paranaense está investindo em novas tecnologias.

https://www.gazetadopovo.com.br/blogs/parana-sa/wp-content/uploads/sites/222/2018/10/B13A0220-900x600.jpg

Eletroposto de recarga de veículos elétricos instalado no Campus da Indústria e disponível para toda a comunidade. Foto: Gelson Bampi

Para atender a essa demanda, no ano de 2018, a Federação das Indústrias do Paraná lançou o Centro Tecnológico de Veículos Híbridos e Elétricos.

Resultado de imagem para Centro de Tecnologia de Veículos Híbridos e Elétricos

Lançamento do Centro de Tecnologia de Veículos Híbridos e Elétricos em outubro de 2018. Foto: Divulgação.

 

Com a instalação do centro a Fiep poderá colaborar na inserção de um novo paradigma de motorização de veículos no Paraná. 

Brasil

No ano de 2018, o setor automotivo brasileiro foi marcado pelo Rota 2030, que depois de um longo período de espera, este programa de incentivos a montadoras que sucede o Inovar Auto foi finalmente lançado.

Resultado de imagem para temer sanciona rota 2030

Michel Temer aproveita abertura do Salão do Automóvel para assinar a lei que cria o Rota 2030 (Twitter/Reprodução)

A edição 2018 do Salão do Automóvel, maior evento automotivo da América Latina, foi marcado por carros elétricos.

https://s2.glbimg.com/1us7CFhfwTwBcvUkcdbM_l_xcyg=/540x304/top/smart/https:/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2018/L/v/vxJqowSOCP7oX7HsaRUw/20181108135100-f99a0741.jpg

Salão do Automóvel 2018. Foto: Fabio Tito/G1

Mundo

O ano na indústria automotiva mundial foi marcado por 4 poderosos chefões. Da prisão surpreendente a um tuíte que abalou a bolsa de Nova York, veja aqui como eles mexeram com as algumas das marcas mais importantes do mundo.