Bolívia - 07/11/2015

Representante do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade apresenta indicadores dos ODM e os ODS na Bolívia

A apresentação aconteceu durante o II Congresso de Integração Juvenil Latino-americano

O secretário executivo do Núcleo ODM de Foz do Iguaçu, Taciano Paulo Duarte, ministrou a conferência intitulada “Reflexiones sobre la Implementación de los Objetivos de Desarrollo del Milenio (ODM) y Sostenibles (ODS) em Latinoamérica” durante o II Congresso de Integração Juvenil Latino-americano que aconteceu entre os dias 29, 30 e 31 de outubro no campus da Universidade Indígena Boliviana Quechua Casimiro Huanca (UNIBOL) no município de Chimoré, Cochabamba – Bolívia.

clique para ampliarclique para ampliarTaciano Paulo Duarte, secretário executivo do Núcleo ODM de Foz do Iguaçu. (Foto: Divulgação)

O objetivo da conferência foi apresentar os sólidos indicadores de desenvolvimento correlatos aos 8 ODM construídos pela Comissão Econômica para América Latina (CEPAL), o exemplo em desenvolvimento nos campos da Educação (ODM 2), igualdade entre os sexos na política (ODM 3) e Saúde (ODM 4, 5 e 6) de Cuba, a importância do reconhecimento dos povos tradicionais frente o desenvolvimento na Bolívia e a estrutura tríplice (Governo, Empresas, Voluntariado/MNCS) adotada no Brasil para o cumprimento das metas dos ODM, além de apresentar a nova agenda de desenvolvimento – os 17 ODS.

Segundo o Secretário Executivo “a América Latina possui bons exemplos de práticas que vão de encontro aos 8 ODM que precisam ser divulgados. Além dos três países que utilizamos como exemplos (Brasil, Bolívia e Cuba) os demais países da América Latina obtiveram um grande avanço em decorrência da priorização do cumprimento das metas dos ODM, porém o desenvolvimento ainda é desigual de objetivo para objetivo.”

O Congresso contou com a conferência ministrada pelo Vice Presidente do Estado Plurinacional da Bolívia, Álvaro Garcia Linea, Embaixador itinerante para temas estratégicos do Equador, Dr. Ramón Torres, Vice Ministro de descolonização, Sr. Félix Cárdenas Aguilar, pesquisador do Instituto de Investigações da Amazônia Peruana, Dr. Luis Campos Baca, Deputada Argentina, Sra. Carla Pretto, entre outros.

Segundo o Ministério de Comunicação da Bolívia, o evento contou com a participação de mais de mil jovens e adultos, além de mais de 30 conferencistas provenientes de 8 países da América Latina, sendo 4 do Brasil. O objetivo do evento, segundo a Sociedade para a Cooperação e Desenvolvimento Latino-Americano (SOCODELA), é de “fomentar a participação da juventude boliviana e latinoamericana, como chave para o fortalecimento democrático dentro de um ambiente de cultura de paz”.

O Congresso teve como organizadora a Sociedade para a Cooperação e Desenvolvimento Latino-Americano e co-organização Ministério de Comunicação da Bolívia, Conselho Plurinacional da Juventude, Seis Federaciones del Tropico de Cochabamba e UNIBOL.

Nós Podemos Paraná - Av. Comendador Franco, 1341 - Jardim Botânico - 80215-090 - Curitiba/PR - Fone: 41 3271-7692