Reconhecimento - 18/07/2012

Empresas e entidades são certificadas com o Selo ODM 2012

Instituições certificadas desenvolvem projetos em prol dos ODM. Solenidade de entrega do Selo aconteceu na noite de terça-feira e reuniu mais de 300 pessoas


clique para ampliar clique para ampliarEdson Campagnolo elogiou trabalho realizado pelas instituições em prol do desenvolvimento do estado (Foto: Mauro Frasson)

Mais de 100 empresas, entidades do terceiro setor e instituições públicas receberam na noite de terça-feira (17), em Curitiba, o Selo ODM, um reconhecimento a instituições que desenvolvem projetos em prol dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) e contribuem para o desenvolvimento local. A solenidade aconteceu na sede da Fiep no Jardim Botânico e reuniu cerca de 300 pessoas.

O selo é uma iniciativa do Movimento Nós Podemos Paraná, um programa institucional do Sesi, que atua para mobilizar a sociedade em torno de projetos que contribuam para o alcance dos ODM - metas propostas pela ONU para eliminar a fome e a extrema pobreza até o ano de 2015.

"Esse é um dia muito especial, pois reunimos mais de 100 entidades comprometidas com o desenvolvimento de nosso Estado. As pequenas e grandes ações que cada um realiza em sua comunidade podem, sim, mudar o mundo", disse o presidente da Fiep, Edson Campagnolo, que também é diretor regional do Sesi.

Campagnolo elogiou a mobilização de voluntários de todo o Estado em prol de ações que contemplam os Objetivos do Milênio e ressaltou o comprometimento da Fiep e do Sesi com a continuidade do movimento no Estado.


clique para ampliar clique para ampliarResponsáveis da Associação MarBrasil, que também conquistaram o Prêmio ODM Brasil este ano (Foto: Mauro Frasson)

Instituições certificadas - Nesta segunda edição, o Selo ODM recebeu 137 inscrições de organizações de 41 municípios. Do total, 111 foram aprovadas para receber o certificado: 44 empresas, 50 entidades do terceiro setor e 17 instituições públicas. O selo é um diferencial para empresas e tem validade de um ano.

"As instituições certificadas desenvolvem projetos que contemplam todas as áreas abrangidas pelos Objetivos do Milênio, como redução da fome, melhoria da educação, equidade de gênero, saúde, qualidade de vida, sustentabilidade e cooperativismo. As áreas de educação e meio ambiente foram as que mais tiveram projetos inscritos", comentou a coordenadora do Movimento Nós Podemos Paraná, Maria Aparecida Zago, lembrando que foram feitos mais de 12 milhões de atendimentos pelas ações ou programas realizados pelas organizações.

Essa foi a segunda vez que a Prati-Donaduzzi, de Toledo, recebeu o Selo ODM. "Para nós, é um reconhecimento muito importante. A comunidade comprou a ideia de nossos projetos e nossos colaboradores se envolveram e adotaram as práticas. Eles até se sentem mais valorizados por saber que a empresa está preocupada com a comunidade", disse a gerente de Recursos Humanos da empresa, Maria Rita Pozzebon.

Um dos projetos da empresa é o "Recomeçar", que trabalha com detentas na penitenciária do município. "Elas participam de treinamentos de informática, oficinas profissionalizantes, de trabalhos manuais e empreendedorismo", explica Maria, lembrando que nos dois anos do projeto mais de 150 mulheres foram atendidas.

A Associação MarBrasil, de Pontal do Paraná, que desenvolve um trabalho pela Recuperação da Biodiversidade Marinha (Rebimar), também recebeu o selo pela segunda vez. "O Selo abre portas e ajuda no reconhecimento do nosso trabalho, não só no município, mas também entre os parceiros", afirmou o coordenador do projeto Rebimar, Juliano Dobis.

Entre as atividades desenvolvidas estão a instalação de recifes artificiais, o monitoramento biológico das espécies e a educação ambiental em escolas do litoral. O projeto da associação também foi o único paranaense a vencer a 4ª Edição do Prêmio ODM Brasil.

Exemplo do Paraná - Na avaliação do secretário de Relações Político-Institucionais da Secretaria-Geral da Presidência da República, Wagner Caetano, o trabalho que está sendo realizado em todo o Paraná tem apresentado resultados concretos e está melhorando os indicadores sociais. "O Paraná tem sido referência para outros estados do País pela mobilização da sociedade", disse Caetano, lembrando que o Selo ODM também é uma ótima ferramenta de mobilização. "É uma maneira de aproximar setores e instituições para a discussão em prol dos Objetivos do Milênio. É um caminho importante para engajar as pessoas e melhorar os indicadores em todo o País", disse.


clique para ampliar clique para ampliarWagner Caetano: O Paraná tem sido referência para outros estados do país pela mobilização da sociedade (Foto: Mauro Frasson)

"A sociedade paranaense, como poucas no Brasil, entendeu que a responsabilidade pelo atingimento dos ODM é compartilhada e deve ser perseguida pela sociedade civil, empresas e instituições públicas", afirmou Maria Celina Arrais, coordenadora da unidade de planejamento estratégico e desenvolvimento de capacidades do Programa das Nações Unidas Para o Desenvolvimento (PNUD).

O Paraná é exemplo por ter atingido praticamente todos os ODM, com exceção da meta de redução da mortalidade materna. Na média mundial, apenas três metas foram atingidas: a redução da pobreza extrema e de pessoas vivendo abaixo da linha de pobreza, o aumento de pessoas com acesso à agua potável e a diminuição de pessoas vivendo em favelas sem as condições mínimas de acesso à agua potável e saneamento.

"Apesar de o número de pobres ter diminuído, ainda temos muitos pobres no mundo. Mais do que nunca precisamos praticar o ODM 8, que diz que temos que trabalhar todos juntos pelo desenvolvimento", disse Maria, destacando que trabalhar a questão de gênero é uma linha de ação que pode potencializar todos os outros ODM.

Marketing social e voluntariado - Os participantes também puderam acompanhar uma palestra sobre marketing social, ministrada pelo professor e consultor do Sebrae Luiz Antonio Rolim de Moura.

Durante a solenidade de entrega do Selo ODM, o Centro de Ação Voluntária de Curitiba (CAV) realizou o lançamento de seu novo site e sua ferramenta de cadastramento de voluntários. A nova plataforma é voltada para três públicos: pessoas que querem ser voluntárias, entidades que precisam de voluntários, e empresas que querem promover o voluntariado.


clique para ampliar clique para ampliarRosane Fontoura, coordenadora executiva do CPCE, Edson Campagnolo, presidente da Fiep, e Maria Aparecida Zago, coordenadora do Movimento Nós Podemos Paraná, receberam a homenagem do CAV (Foto: Mauro Frasson)

Na ocasião, a Fiep, o Movimento Nós Podemos Paraná e o Conselho Paranaense de Cidadania Empresarial (CPCE) foram homenageados pelo CAV como organizações que promovem o voluntariado no Paraná.

Selo ODM 2012
Confira como foi o evento

Resultado
Conheça as instituições e empresas certificadas em 2012

Vídeos
Resultados da 2ª Edição Selo ODM
Solenidade do Selo 2012

Fotos
Confira
Veja

 

 

Deixe seu comentário





Site Seu blog ou página pessoal


1. Os sites do Sistema Fiep incentivam a prática do debate responsável. São abertos a todo tipo de opinião. Mas não aceitam ofensas. Serão deletados comentários contendo insulto, difamação ou manifestações de ódio e preconceito;
2. São um espaço para troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua. Não serão tolerados ataques pessoais, ameaças, exposição da privacidade alheia, perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento;
3. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado; informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos;
4. Defendemos discussões transparentes, mas os sites do Sistema Fiep não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza. e
5. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.

 Aceito receber comunicação da Fiep e seus parceiros por e-mail
 
Nós Podemos Paraná - Av. Comendador Franco, 1341 - Jardim Botânico - 80215-090 - Curitiba/PR - Fone: 41 3271-7692