Capacitação - 07/07/2011

Oficinas debatem a importância do voluntariado

Atividade aconteceu na programação paralela do 4º Congresso Nós Podemos Paraná

 

clique para ampliar clique para ampliarOficinas incentivaram o debate sobre temas relacionados ao voluntariado (Foto: Rodolfo Amaral)

O 4º Congresso do Movimento Nós Podemos Paraná começou na manhã do dia 6 de julho, no Cietep, em Curitiba. As primeiras atividades do dia foram as oficinas da programação paralela sobre voluntariado.

Bruna Moura Bruno, voluntária da Organização das Nações Unidas (ONU), ministrou a oficina "Voluntários Online". Ela mostrou uma cronologia do trabalho voluntário no Brasil e reforçou a importância da cidadania no voluntariado transformador. A oficina foi focada no trabalho voluntário à distância pela internet e como ele pode crescer, criar parcerias e ser mais divulgado através dela. Bruna também explicou que o objetivo é criar um "novo voluntário", que trabalha de forma mais alegre e com menos sofrimento. O projeto de voluntariado via internet faz parte do Programa de Voluntários das Nações Unidas (UNV).

A oficina "O que é ser voluntário?", ministrada por de Thiago Soares e Alcione Mazur do Centro de Ação Voluntária de Curitiba (CAV) explicou melhor todo o processo do voluntariado. Thiago explicou que o voluntário deve lutar pela causa que acredita e fazer um trabalho relacionado com o gosto pessoal de cada um, com o objetivo de obter futuros voluntários.

Simultaneamente, aconteceu a oficina "Capacitação Gerenciamento de Voluntários". O palestrante foi Thiago Baise do Centro de Ação Voluntária de Curitiba (CAV) dividiu os participantes em pequenos grupos que discutiram questões sobre voluntariado. Eles foram requisitados a escrever respostas para as seguintes perguntas: "Para que as pessoas querem ser voluntárias?" "e "O que sua organização espera do seu voluntário?", que mais tarde foram apresentadas e discutidas com todos os participantes. O grupo discutiu que as pessoas querem ser voluntárias para ajudar, pela responsabilidade com o próximo e, às vezes, até por autopromoção. O grupo acredita que um voluntário deve ter iniciativa, responsabilidade, empatia, persistência, comprometimento e criatividade. 

A participante do congresso Maria Toschi Venério Martins participou da oficina de gestão de voluntários e parabenizou a equipe. "A tarefa é delicada, mas necessária para que possamos transformar a sociedade. Assim teremos dias melhores", afirma.

Deixe seu comentário





Site Seu blog ou página pessoal


1. Os sites do Sistema Fiep incentivam a prática do debate responsável. São abertos a todo tipo de opinião. Mas não aceitam ofensas. Serão deletados comentários contendo insulto, difamação ou manifestações de ódio e preconceito;
2. São um espaço para troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua. Não serão tolerados ataques pessoais, ameaças, exposição da privacidade alheia, perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento;
3. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado; informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos;
4. Defendemos discussões transparentes, mas os sites do Sistema Fiep não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza. e
5. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.

 Aceito receber comunicação da Fiep e seus parceiros por e-mail
 
Nós Podemos Paraná - Av. Comendador Franco, 1341 - Jardim Botânico - 80215-090 - Curitiba/PR - Fone: 41 3271-7692