Sinfor PR
TI PARAN┴
ComunicašŃo mˇvel - 11/04/2013

Acesso da internet pelo celular aumentou entre as classes C e D

Perfil dos consumidores de smartphone varia conforme o poder aquisitivo

O acesso à internet móvel está aumentando entre as classes C e D. Porém, o consumidor de menor poder aquisitivo não prioriza o acesso à internet no momento da compra do smartphone. De maneira geral os acessos em banda larga, fixa e móvel, aumentaram significativamente, chegando a 93,6 milhões em fevereiro de 2013. Isso representa crescimento de 43% em relação ao mesmo período do ano passado.

O uso da banda larga no Brasil, especialmente pelas redes de telefonia móvel, vem crescendo muito nos últimos anos. Estudo da empresa Cisco mostra que o tráfego móvel de dados cresceu 47 vezes desde 2007 e a projeção é de que esse índice médio de aumento no volume de dados seja de 65% ao ano até 2017. Os dados apontam também que 44% dos brasileiros das classes C e D acessam a internet pelo celular.

Já a pesquisa realizada por outra empresa, a Qualcomm, que entrevistou brasileiros das classes C e D mostrou grande diferença entre os consumidores. A primeira delas é que para o público da classe D o acesso à internet é secundário. Menos da metade prioriza a conectividade pelo celular para serviços, como acesso à internet (44%). Para outros 41%, o uso é para redes sociais e outros 31% utilizam para envio de e-mails. Outro detalhe é que 78% dos entrevistados prefere os telefones que tenham aplicativos pré-instalados. Isso significa que a compra de apps, ou mesmo o ato de baixar os que são de graça, também não fazem parte do gosto desse consumidor.

Por outro lado, houve aumento importante no acesso das redes sociais pelos clientes da classe média. Os internautas da classe C são responsáveis por 56% de acessos no Facebook e 55% no Twitter, contra 24% da A/B nos dois casos. Quadro totalmente diferente de pesquisa semelhante feita em 2009, que apontava absoluto domínio da classe alta nas duas redes. Isso mostra que para esses usuários a conectividade móvel é prioridade no momento da escolha do aparelho.

Crescimento – Segundo os dados mais recentes da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), a internet rápida pela rede móvel alcançou um total 72,7 milhões de acessos, sendo 58,9 milhões de conexões de celulares 3G, incluindo os smartphones, e 13,8 milhões de terminais de dados, entre eles modems de acesso à internet e chips de conexão máquina-máquina (M2M). Desde fevereiro de 2012, houve um incremento de 20%, com a instalação das redes de 3G em 546 novos municípios. Essa infraestrutura está presente em cidades que concentram 88% da população brasileira.

Neste ano começa a operação da quarta geração da telefonia celular (4G), com velocidades de conexão bastante superiores às da 3G. A cobertura começa pelas seis cidades-sede da Copa das Confederações: Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Salvador. E, em dezembro, as redes de 4G devem começar a funcionar também nas sedes da Copa do Mundo: Cuiabá, Curitiba, Manaus, Natal, Porto Alegre e São Paulo.

Deixe seu coment´┐Żrio

Site Seu blog ou p´┐Żgina pessoal


1. Os sites do Sistema Fiep incentivam a pr´┐Żtica do debate respons´┐Żvel. S´┐Żo abertos a todo tipo de opini´┐Żo. Mas n´┐Żo aceitam ofensas. Ser´┐Żo deletados coment´┐Żrios contendo insulto, difama´┐Ż´┐Żo ou manifesta´┐Ż´┐Żes de ´┐Żdio e preconceito;
2. S´┐Żo um espa´┐Żo para troca de id´┐Żias, e todo leitor deve se sentir ´┐Ż vontade para expressar a sua. N´┐Żo ser´┐Żo tolerados ataques pessoais, amea´┐Żas, exposi´┐Ż´┐Żo da privacidade alheia, persegui´┐Ż´┐Żes (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento;
3. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus coment´┐Żrios e pelo impacto por ele causado; informa´┐Ż´┐Żes equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos;
4. Defendemos discuss´┐Żes transparentes, mas os sites do Sistema Fiep n´┐Żo se disp´┐Żem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza. e
5. Dos leitores, n´┐Żo se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam diverg´┐Żncias, que acreditamos pr´┐Żprias de qualquer debate de id´┐Żias.

 Aceito receber comunica´┐Ż´┐Żo da Fiep e seus parceiros por e-mail
 

Associe-se

Associe-se