Sindirepa PR
Sindirepa PR

Taxa Sindical

       A Contribuição Sindical Patronal, tributo estabelecido pela Consolidação das Leis de Trabalho, é recolhido durante o mês de janeiro. O pagamento de tal contribuição deverá ser feito até o dia 31 em qualquer agência bancária. E o não recolhimento da contribuição no vencimento sujeitará a empresa ao pagamento de multa e juros, além de autuação pelo Ministério do Trabalho.

       As empresas que fazem parte do setor de reparação automotiva, sendo elas empresas que exercem consertos, reparos ou reformas com aplicação de peças ou não, em veículos em geral, nacionais ou importados; leves ou pesados, deverão fazer o recolhimento da Contribuição Sindical em favor do Sindirepa PR.

Serviços esses de:

  • Mecânica,
  • Balanceamento,
  • Geometria e cambagem,
  • Auto-elétrica, 
  • Lataria, pintura, estofaria, 
  • Retíficas, 
  • Instaladoras de peças e acessórios, 
  • Instaladoras de GNV, 
  • Centros automotivos, 
  • Auto-center, car repair, car center, car service

As empresas que se enquadram nas categorias citadas acima poderão baixar a Guia de Recolhimento da Contribuição Sindical clicando aqui>>, ou solicitar ao Sindirepa PR seu recebimento por fax.

 

ORIENTAÇÃO LEGAL

Da Necessidade do Pagamento da Contribuição Sindical

 A Contribuição Sindical Patronal, imposta às empresas pelo artigo 578 e subseqüentes da C.L.T. (Decreto-Lei 5.452 de 01/05/1942) tem característica de Tributo e por este motivo subordina-se aos princípios do direito tributário, que prevê que qualquer tributo só pode ser criado ou extinto por lei. Mesmo a isenção fiscal só pode ser concedida por força de lei.

Assim entendemos, smj, que a Instrução Normativa da Receita Federal nº 9/99, atualmente 355/03, ao regulamentar a Lei 9.317/96, que criou o SIMPLES, exorbitou a sua competência legal ao dispensar as empresas optantes do SIMPLES do pagamento da Contribuição Sindical Patronal, mesmo porque o legislador original não previu esta isenção no texto da lei. O artigo 176 do Código Tributário Nacional prescreve: a isenção é sempre decorrente de lei.

Alertamos que para segurança das empresas é necessários que se faça o pagamento da Contribuição Sindical prevista em lei, sob pena de sofrer a aplicação das sanções legais cabíveis, inclusive a execução judicial.

ACESSE TAMBÉM:

TABELA PARA CÁLCULO DA CONTRIBUIÇÃO SINDICAL PATRONAL  Clique aqui

ARTIGO: A IMPORTÂNCIA DAS SUAS CONTRIBUIÇÕES EM DIA

Contribuição Sindical Parecer FIEP

Artigo: Contribuição Sindical Patronal: as empresas não-empregadoras e as optantes pelo Supersimples estão obrigadas a pagar a Contribuição Sindical Patronal?

 

 

 

Comentários - Deixe seu comentário

por fatihin nurul - Quarta-feira, 07 de Setembro de 2016 - 04:38:13 - Comentar

Chrono Sectorial Ceramic. Tak tanggung-tanggung, menurut situs penjualan jam online asal Jerman,
konstruksi bangunan jalan jasa konstruksi gudang


por fatihin nurul - Quarta-feira, 07 de Setembro de 2016 - 04:37:04 - Comentar

tangan dengan tipe yang berbeda. Yang dipakai oleh Rio sangat mirip dengan Rebellion tipe Predator
Daftar Harga Besi Pipa Baja Schedule 80 Dari Distributor Pabrik Daftar Harga Atap Spandek Sni Dari Supplier Pabrik


por RAUL NASCIMENTO FILHO - Quarta-feira, 01 de Abril de 2015 - 12:39:06 - Comentar

EMPRESA COM CNAE: 2950600 - RECONDICIONAMENTO E REUPERAÇÃO DE MOTORES PARA VEICULOS AUTOMOTORES, CONTRIBUI PARA ESTE SINDICATO OU PARA OUTRO SINDICATO, SE FOR PARA O SINDIREPA, FAVOR ME MANDAR O LOCAL NO SEU SITE ONDE EU POSSO PEGAR TODAS INFORMAÇÕES PARA CADASTRA A EMPRESA


Deixe seu comentário

Site Seu blog ou página pessoal


1. Os sites do Sistema Fiep incentivam a prática do debate responsável. São abertos a todo tipo de opinião. Mas não aceitam ofensas. Serão deletados comentários contendo insulto, difamação ou manifestações de ódio e preconceito;
2. São um espaço para troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua. Não serão tolerados ataques pessoais, ameaças, exposição da privacidade alheia, perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento;
3. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado; informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos;
4. Defendemos discussões transparentes, mas os sites do Sistema Fiep não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza. e
5. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.

 Aceito receber comunicação da Fiep e seus parceiros por e-mail