Simadi
Simadi
. - 12/03/2012

Paulo Pupo assume Sindicato da Indústria da Madeira de Imbituva

Investir na formação de mão de obra é uma das prioridades da nova gestão

O presidente da Fiep, Edson Campagnolo, parabenizou o novo presidente do Simadi durante a posse. (Foto: Geraldo Rocha)

O empresário Paulo Roberto Pupo assumiu a presidência do Sindicato da Indústria da Madeira de Imbituva (Simadi), em solenidade realizada na noite da última quinta-feira (01), com a presença do presidente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo, parlamentares, prefeitos e presidentes de outros sindicatos da região. Paulo Pupo é também diretor da Fiep e substitui Aroldo Lohn, que nos últimos quatro anos presidiu o sindicato. O Simadi congrega 42 indústrias do município e representa um dos setores que mais gera emprego nas regiões Centro-Sul e Campos Gerais.

“Assumimos o sindicato com o compromisso de colocar em prática nosso projeto de gestão pautado em cinco eixos”, enfatizou Pupo. Os cinco eixos são: formação e treinamento de mão de obra; melhoria das relações trabalhistas; melhoria do desempenho das empresas frente à legislação ambiental; aumento da representatividade do sindicato; e desenvolvimento de projetos para atração de novos investimentos. Segundo Pupo, para colocar em prática este plano de gestão, o Simadi conta com o apoio da Fiep, por meio do Programa de Desenvolvimento Associativo (PDA). “Passamos o último mês desenvolvendo o planejamento estratégico do sindicato, com o apoio da Fiep”, contou.

O planejamento define as principais ações do sindicato para os próximos dois anos. “É muito interessante ter este planejamento porque já iniciamos a gestão com um trabalho bem focado e temos tudo isso graças ao apoio da Fiep”, destaca, acrescentando que sua atuação à frente do Simadi será muito alinhada com a postura da Federação das Indústrias. “Vamos trabalhar em parceria com a Fiep, o Sesi e o Senai e vamos investir muito em formação de mão de obra, seguindo uma das principais diretrizes da atual gestão da Federação  das Indústrias”, destacou. Pupo acrescentou ainda que, além do Sistema Fiep, pretende manter uma parceria com o sindicato dos trabalhadores e com os órgãos ambientais. “Acredito que em parceria podemos conquistar muito mais avanços e beneficiar todos os envolvidos neste setor”, frisou.

Empreendedorismo – O presidente da Fiep, Edson Campagnolo, presente ao evento de posse, destacou o espírito empreendedor dos empresários de Imbituva. “Vocês estão de parabéns, vocês são empreendedores e são exemplos como estes que fazem o Paraná e o Brasil crescer”, frisou. Campagnolo disse que hoje existe um esforço muito grande por parte da Fiep, do governo do Estado e do governo federal para atrair indústrias para o interior do Estado para promover o desenvolvimento. “Hoje, 60% do PIB está na capital e região metropolitana e 40% em todo o resto do Estado. Precisamos inverter isso. O que estiver ao alcance da Federação das Indústrias e dos sindicatos para mudar esta situação, nós vamos fazer”, assegurou.

Campagnolo destacou também o elevado índice de filiação do Simadi. Hoje, 96% das indústrias do município são filiadas, o que é um índice muito alto. “É raro ver um sindicato com um índice de filiação tão expressivo e isso é muito significativo porque reforça a importância do associativismo”, disse.

Eixos estratégicos – Um dos eixos estratégicos da nova gestão do Simadi contempla o desenvolvimento de projetos para atração de novos investimentos. Conforme explica o presidente Paulo Pupo, a intenção é aproveitar a matéria-prima existente na região e investir em agregação de valor. “Temos matéria-prima e temos empresas. Agora é preciso investir em projetos para transformar os produtos e agregar valor bem como atrair novas empresas que possam investir em produtos com maior valor agregado como chapas de compensado, por exemplo”.

O eixo que contempla a formação e treinamento de mão de obra vai além da capacitação de trabalhadores para a área de produção e contempla também áreas transversais, como gestão administrativa e recursos humanos. Nas relações trabalhistas, a intenção é buscar uma aproximação e um melhor relacionamento com o sindicato dos trabalhadores, além de uma adequação da convenção coletiva à realidade técnica e financeira do setor.

No eixo relativo ao meio ambiente, o Simadi vai buscar parceria com o IAP para melhorar o desempenho das empresas frente à legislação ambiental, além de otimizar o processo de licenciamento ambiental. Na área de representação do sindicato, a proposta é fortalecer a representatividade tanto no lado político quanto legislativo e buscar ampliar a base sindical. Para isso, o sindicato vai investir na oferta de serviços às empresas com uma programação constante de eventos voltados ao setor, como palestras sobre investimentos, palestras técnicas e treinamentos, entre outras iniciativas.

Deixe seu comentário

Site Seu blog ou página pessoal


1. Os sites do Sistema Fiep incentivam a prática do debate responsável. São abertos a todo tipo de opinião. Mas não aceitam ofensas. Serão deletados comentários contendo insulto, difamação ou manifestações de ódio e preconceito;
2. São um espaço para troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua. Não serão tolerados ataques pessoais, ameaças, exposição da privacidade alheia, perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento;
3. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado; informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos;
4. Defendemos discussões transparentes, mas os sites do Sistema Fiep não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza. e
5. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.

 Aceito receber comunicação da Fiep e seus parceiros por e-mail
 

Filie-se

Associe-se