Blog

Observatórios

Acompanhe nas redes sociais:
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube

Segunda etapa do Ciência sem Fronteiras oferecerá 100 mil bolsas

Publicado em 27/06/2014

O governo federal vai oferecer 100 mil novas bolsas de estudo na nova etapa do programa Ciência sem Fronteiras (CsF), que entrará em vigor em 2015. O anúncio foi feito pela presidenta Dilma Rousseff, durante cerimônia de lançamento da nova fase da iniciativa, chamada Ciência sem Fronteiras 2.0, nesta quarta-feira (25), no Palácio do Planalto. O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Clelio Campolina Diniz, participou do lançamento.

"Esse é um programa feito para garantir ao Brasil condições de gerar inovação e interesse pelas ciências exatas e pela aplicação da tecnologia em todas as áreas, seja na indústria, na agricultura e, sobretudo para viabilizar, também, a pesquisa em ciências básicas", afirmou a presidenta.

Na primeira etapa da iniciativa (2011-2014), mais de 83 mil bolsas foram concedidas para que estudantes brasileiros pudessem estudar em outros países. A meta estabelecida pelo governo federal é fornecer 101 mil bolsas até o fim deste ano. De acordo com a presidenta, o governo atingirá esse número.

"No início, o grande desafio do Brasil era colocar 101 mil estudantes brasileiros no exterior. Até hoje já concedemos 83,2 mil bolsas e com as chamadas que faremos agora em setembro nós vamos atingir a nossa meta de 101 mil bolsas de estudo", reafirmou.

Para o ministro Clelio Campolina Diniz, o programa cria oportunidades para a juventude brasileira. "Cria oportunidades e motivação para irrigar o sistema acadêmico universitário nacional trazendo as experiências internacionais para modernizar o nosso", pontuou.

Para o ministro da Educação, José Henrique Paim, o Ciência sem Fronteiras deixou vários ensinamentos para melhorar a prática educacional no Brasil. "Os estudantes do exterior que vieram ao país nos mostraram a necessidade de reavaliar as práticas de ensino nos cursos de graduação e pós-graduação, principalmente no que diz respeito a integração da teoria com a vida prática", observou.

Fonte: com informações do CNPq

Deixe seu comentário

Site Seu blog ou página pessoal


1. Os sites do Sistema Fiep incentivam a prática do debate responsável. São abertos a todo tipo de opinião. Mas não aceitam ofensas. Serão deletados comentários contendo insulto, difamação ou manifestações de ódio e preconceito;
2. São um espaço para troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua. Não serão tolerados ataques pessoais, ameaças, exposição da privacidade alheia, perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento;
3. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado; informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos;
4. Defendemos discussões transparentes, mas os sites do Sistema Fiep não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza. e
5. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.

 Aceito receber comunicação da Fiep e seus parceiros por e-mail
 
Av. Comendador Franco, 1341 - Jardim Botânico - 80215-090
Fone: 41 3271 7900
Fax: 41 3271 7647
observatorios@fiepr.org.br
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube