Blog

Observatórios

Acompanhe nas redes sociais:
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube

Mundo deve se unir para enfrentar crise dos antibióticos, dizem especialistas

Publicado em 16/06/2014

Em artigo na "Nature", pesquisadores afirmam que a resistência antimicrobiana exige uma resposta mundial na mesma escala que os esforços contra as mudanças climáticas

Depois da Organização Mundial da Saúde (OMS) reconhecer que a resistência a antibióticos deixou de ser uma ameaça e se tornou uma realidade na saúde pública global, dois especialistas dizem que o problema exige uma resposta mundial na mesma escala que os esforços contra as mudanças climáticas.

Em um artigo publicado na revista Nature nesta quinta-feira, Mark Woolhouse, professor da Universidade de Edimburgo, na Escócia, e Jeremy Farrar, diretor da fundação Wellcome Trust, argumentam que tanto a resistência antimicrobiana quanto a mudança climática foram agravados pela atividade humana e que, nos dois casos, a ação de um país pode ter impacto global.

Eles alertam que a resistência aos antibióticos, causada pelo uso excessivo e incorreto desses medicamentos, está se espalhando em uma velocidade alarmante e que a resposta internacional tem sido fraca. Se nada for feito, infecções simples tratáveis há décadas e procedimentos cirúrgicos de rotina podem se tornar fatais.

Woolhouse e Farrar sugerem a criação de um órgão independente para supervisionar, reunir esforços e estabelecer metas baseadas em evidências para conter o problema e acelerar o desenvolvimento de novas terapias. Essa organização poderia trabalhar com governos e agências internacionais encarregadas de implementar suas recomendações.

"A OMS perdeu oportunidades de mostrar liderança (contra a resistência antimicrobiana). O resultado foi o surgimento de cepas de infecções de tuberculose, malária, pneumonia e gonorreia que resistem a todas as classes conhecidas de medicamentos", afirmou Jeremy Farrar.

Mark Woolhouse explicou que chegou a hora de tomar medidas concretas. "Nós precisamos de uma liderança independente e internacional antes que os enormes ganhos proporcionados desde a descoberta da penicilina por Alexander Fleming sejam perdidos para sempre", disse.

Acesse as notícias relacionadas publicadas no Blog: Os antibióticos e a obesidade e FDA pede a produtores que evitem usar antibióticos nos animais

Fonte: VEJA

 

Deixe seu comentário

Site Seu blog ou página pessoal


1. Os sites do Sistema Fiep incentivam a prática do debate responsável. São abertos a todo tipo de opinião. Mas não aceitam ofensas. Serão deletados comentários contendo insulto, difamação ou manifestações de ódio e preconceito;
2. São um espaço para troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua. Não serão tolerados ataques pessoais, ameaças, exposição da privacidade alheia, perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento;
3. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado; informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos;
4. Defendemos discussões transparentes, mas os sites do Sistema Fiep não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza. e
5. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.

 Aceito receber comunicação da Fiep e seus parceiros por e-mail
 
Av. Comendador Franco, 1341 - Jardim Botânico - 80215-090
Fone: 41 3271 7900
Fax: 41 3271 7647
observatorios@fiepr.org.br
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube