Objetivo 8 - Todos trabalhando pelo desenvolvimento

Os indicadores deste Objetivo visam avaliar de forma macro uma série de fatores estruturais que limitam o potencial para o desenvolvimento da imensa maioria dos países do sul do planeta, como a taxa de desemprego e o controle da dívida externa. Aqueles relativos às metas 12 a 15, por se aplicarem ao âmbito nacional, não foram contemplados neste estudo, assim como os da meta 17, dos quais não há dados disponíveis. O intuito, para efeito deste trabalho, é usar parâmetros para medir a realidade regional e verificar os avanços feitos pela consolidação de parcerias regionais que favoreçam o desenvolvimento local.

Conheça os projetos paranaenses relacionados a este objetivo

Metas  Indicadores
Avançar no desenvolvimento de um sistema comercial e financeiro aberto, baseado em regras, previsível e não-discriminatório.(Inclui um compromisso com a boa governança, o desenvolvimento e a redução da pobreza).  Ajuda Pública para o Desenvolvimento (ODA)
Atender as necessidades especiais dos países menos desenvolvidos(Inclui: regime isento de direitos e não sujeito a quotas para as exportações dos países menos desenvolvidos; um programa reforçado de redução da dívida dos países pobres muito endividados (PPME) e anulação da dívida bilateral oficial; e uma ajuda pública para o desenvolvimento mais generosa aos países empenhados na luta contra a pobreza)    Ajuda Pública para o Desenvolvimento (APD) como porcentagem da renda nacional bruta dos países doadores membros da OCDE/Comitê de Ajuda ao Desenvolvimento - CAD (meta de 0,7% no total e 0,15% para os PMA).
Atender às necessidades especiais dos países sem acesso ao mar e dos pequenos Estados insulares em desenvolvimento(Por meio do Programa de Ação para o Desenvolvimento Sustentável dos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento e as conclusões da vigésima segunda sessão extraordinária da Assembléia Geral) Proporção de APD para serviços sociais básicos (educação básica, cuidados de saúde primária, nutrição, água salubre e saneamento).
Tratar de forma ampla o problema da dívida dos países em desenvolvimento, fazendo uso de medidas nacionais e internacionais, tornando suas dívidas sustentáveis a longo prazo Proporção da APD sem vínculo.
Em cooperação com os países em desenvolvimento, formular e executar estratégias que permitam trabalho digno e produtivo aos jovens. Proporção da APD para o meio ambiente nos países insulares em desenvolvimento.
Em cooperação com as empresas farmacêuticas, proporcionar o acesso a medicamentos essenciais nos países em vias de desenvolvimento. Proporção da APD para o setor de transporte em países insulares. Acesso a Mercados
Em cooperação com o setor privado, tornar acessíveis os benefícios das novas tecnologias, especialmente nos setores de informação e comunicações. Proporção das exportações (por valores e excluindo armas) livres de taxas ou quotas.
  Tarifas médias e quotas para produtos agrícolas, têxteis e vestuários.
  Subsídios agrícolas domésticos e para exportações nos países da OCDE.
  Proporção da APD para promover o comércio.
  Proporção da APD para o meio ambiente nos países insulares em desenvolvimento.
  Proporção da APD para o setor de transporte em países insulares.
  Sustentabilidade de Dívidas
  Proporção de cancelamento de débitos bilaterais dos PPME.
  Percentual de Serviço de dívida por exportação de produtos e serviços.
  Proporção da APD concedida para aliviar dívidas.
  Número de países que alcançam os pontos decisivos e conclusivos dos PPME.
  Taxa de desemprego entre os jovens com idade de 15 a 24 anos.
  Proporção da população com acesso a medicamentos essenciais de forma sustentável.
  Linhas telefônicas por 1.000 habitantes
  Computadores pessoais por 1.000 habitantes.


Como ajudar

  • Incentivar programas de apoio à formação e capacitação técnica profissional dos jovens menos favorecidos, visando sua inclusão no mercado de trabalho;
  • Apoiar programas de geração de novas oportunidades de absorção e recrutamento de jovens nas pequenas e médias empresas;
  • Apoiar programas de parceiras para a inclusão digital da população menos favorecida;
  • Mobilizar voluntários para criarem situações de aprendizagem e gestão em suas áreas de formação; Apoiar programas de formação e disseminação das novas tecnologias, em especial, da informação, que promovam também a inclusão de portadores de deficiência;
  • Doar equipamentos novos ou usados a escolas, bibliotecas, instituições voltadas ao atendimento de menores e jovens carentes.

Comentários - Deixe seu comentário

por ANA - Segunda-feira, 31 de Agosto de 2015 - 15:37:25 - Comentar

E MESMO PESSOAL


por victoria santos - Segunda-feira, 06 de Abril de 2015 - 19:38:24 - Comentar

queria saber como posso apresentar sobre isso na escola


por jullia - Quarta-feira, 18 de Fevereiro de 2015 - 17:27:52 - Comentar

Estou estudando isso na escola e preciso de ajuda nesse assunto pf se poder me ajudar deixe sua resposta obrigado!!!!


por jullia - Quarta-feira, 18 de Fevereiro de 2015 - 17:27:26 - Comentar

Estou estudando isso na escola e preciso de ajuda nesse assunto pf se poder me ajudar deixe sua resposta obrigado!!!!


por Renato - Domingo, 18 de Maio de 2014 - 16:45:28 - Comentar

Muito interessante essa sua visão!
Eu sempre fui uma pessoa que trabalhava demais e não possuia tempo pra nada.
Essa rotina já estava afetando a minha saúde foi quando decidi parar com esse ritmo frenético de trabalho.
Hoje sou uma nova pessoa!!
Tenho tempo para viver!!!!
Abraços!!!


por thalita - Quarta-feira, 12 de Março de 2014 - 09:41:20 - Comentar


por anna - Sexta-feira, 28 de Agosto de 2009 - 08:22:43 - Comentar

muito massa dimais legal


Respondendo respondendo anna
por andrya paloma - Quarta-feira, 06 de Novembro de 2013 - 21:32:27 - Comentar

hoje em dia ta muito dificil as coisas pravc conseguir umtrabalho bom demora entao acho que o povo brasileiro tem muitas dificuldades em aranjar um trabalho bom


Deixe seu comentário





Site Seu blog ou página pessoal


1. Os sites do Sistema Fiep incentivam a prática do debate responsável. São abertos a todo tipo de opinião. Mas não aceitam ofensas. Serão deletados comentários contendo insulto, difamação ou manifestações de ódio e preconceito;
2. São um espaço para troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua. Não serão tolerados ataques pessoais, ameaças, exposição da privacidade alheia, perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento;
3. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado; informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos;
4. Defendemos discussões transparentes, mas os sites do Sistema Fiep não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza. e
5. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.

 Aceito receber comunicação da Fiep e seus parceiros por e-mail
 
Nós Podemos Paraná - Av. Comendador Franco, 1341 - Jardim Botânico - 80215-090 - Curitiba/PR - Fone: 41 3271-7692