Objetivo 1 - Acabar com a fome e a miséria

O Paraná abriga mais de 2,2 milhões de pessoas vivendo em situação de pobreza, sendo, aproximadamente, um terço delas em condição de indigência. Em 1990, mais da metade das famílias não possuíam renda suficiente para comprar uma cesta básica per capita. Esse quadro vem-se modificando gradativamente no Estado, sendo que, em 2005, o percentual de famílias nessa condição passou para 25% (1 a cada 4 famílias). O Paraná, grande produtor agrícola, não pode deixar seus cidadãos sofrerem de fome. Vamos erradicar a extrema pobreza e a fome de nosso Estado. Este é o nosso desafio número 1.

Conheça os projetos paranaenses relacionados a este objetivo

Metas  Indicadores
Reduzir pela metade, até 2015, a proporção da população com renda inferior a um dólar por dia  Proporção da população que ganha menos de um dólar por dia
Reduzir pela metade, até 2015, a proporção da população que sofre de fome  Índice de hiato de pobreza (incidência x grau de pobreza)
   Participação dos 20% mais pobres da população na renda ou no consumo nacional
   Prevalência de crianças (com menos de 5 anos) abaixo do peso5. Proporção da população que não atinge o nível mínimo de crescimento dietético de calorias

Como ajudar  

  • Estimular a agricultura familiar e comunitária de subsistência;
  • Combater a fome em regiões metropolitanas e rurais, através de iniciativas de voluntariado, distribuição e capacitação de mão-de-obra na elaboração de alimentos básicos;
  • Incentivar programas de apoio à merenda escolar e educação alimentar;
  • Ensinar organizações sociais e famílias a aproveitarem melhor os alimentos, evitando o desperdício;
  • Apoiar a geração alternativa de renda, através de estruturação de cooperativas e aproveitamento da produção em suas atividades e suporte na comercialização de excedente;
  • Apoiar programas de educação, capacitação e inclusão digital de crianças e jovens para futura inserção no mercado de trabalho.

  • Páginas:  1
  • |
  • 2

Comentários - Deixe seu comentário

por karina - Domingo, 18 de Maio de 2014 - 20:05:11 - Comentar

eu queria saber como resolver a fome e a miseria


por rosangela resende - Quinta-feira, 19 de Julho de 2012 - 15:39:11 - Comentar

Sr Paulo por favr gostaria muito de ter seu contato para futuro


por JÚNIOR - Domingo, 11 de Março de 2012 - 00:09:58 - Comentar

PRECISO FAZER UM AÇÃO CONTRA A FOME EM MINHA NÃO SEI POR ONDE COMEÇAR TENHO QUE APRESENTAR NA SEGUNDA FEIRA DE MANHÃ


Respondendo respondendo JÚNIOR
por Equipe ODM - Terça-feira, 13 de Março de 2012 - 11:43:02 - Comentar

Bom dia, se entendi bem a sua colocação, você precisa fazer um trabalho para a escola contra a fome? Caso seja isso, você pode procurar a secretaria de assistência social do seu município e verificar quais os projetos que estão disponíveis para a população. Verificar também com as igrejas do município o que elas estão fazendo e se há hortas comunitárias na sua cidade. Obrigada.Cordialmente.


por laureni vicente - Segunda-feira, 01 de Agosto de 2011 - 12:08:38 - Comentar

em nossa comunidade já faz 4 anos q o comercio e as Escolas do entorno colabora com a associação na atividade de ofertar um sopão comunitario para as crianças são 100 litros de sopa fresca e nutritiva acompanhada com o pão contato 91879085 laureni


por sasuke uchiha - Quinta-feira, 31 de Março de 2011 - 16:28:03 - Comentar

já está acabado este mundo esta falido basta apenas nos sentamos e esperar a morte


por carla - Quarta-feira, 24 de Novembro de 2010 - 20:26:38 - Comentar

queria uma idéia para uma instalação sobre a fome. OBRIGADA


por carla - Quarta-feira, 24 de Novembro de 2010 - 19:26:32 - Comentar

queria uma idéia para uma instalação sobre a fome. OBRIGADA


por isabel jonas salvatore - Quinta-feira, 28 de Outubro de 2010 - 14:35:43 - Comentar

.......


Respondendo respondendo isabel jonas salvatore
por marcia - Terça-feira, 10 de Maio de 2011 - 12:16:05 - Comentar

preciso de ideias para fazer uma gincana, onde o tema é metas do milenio. não sei nem por onde começar. obrigada


Respondendo respondendo marcia
por Equipe ODM - Terça-feira, 10 de Maio de 2011 - 13:17:39

Olá Márcia, Abaixo link da gincana realizada em Piraí do Sul. http://www.fiepr.org.br/nospodemosparana/News2028content124032.shtml Obrigada Cordialmente,


por Daniella - Quarta-feira, 25 de Agosto de 2010 - 09:38:00 - Comentar

Na realidade, não existe pobres e famintos por falta de alimentos, e sim por falta de renda. O governo deve continuar a investir em Políticas Públicas para estimular a atividade econômica nos municípios. Por exemplo, criar planos de subsídios para incentivar as indústrias a se fixarem na região. Com isso haverá geração de empregos, aquecimento do mercado, crescimento da economica o que consequentemete diminui a pobreza local.


Respondendo respondendo Daniella
por Clovis Antonio Rutkauskis - Terça-feira, 31 de Agosto de 2010 - 17:38:17 - Comentar

Realmente toda ajuda para a agricultura familiar é de fundamental importância, porem percebemos que o dinheiro, para a agricultura familiar, esta sendo liberado em volumes bem maiores que em anos anteriores, no entanto, percebo um grande endividamento dos agricultores. Por outro lado, os agentes que realizam a concessão de crédito nem sempre acompanham e exigem a efetivação dos recursos para o projeto que tal recurso se destina. Diante desta realidade, a uma solução, e muito simples, maior cuidado e acompanhamento na implantação dos projetos a que se propõem os contratantes, com maior fiscalização. Em nossa realidade, percebemos que se o dinheiro, que foi liberado para a agricultura, efetivamente fosse aplicado ao objetivo principal, teríamos revolucionado a agricultura. Não podemos negar que muita coisa melhorou, mas poderia ser bem mais. Desta forma,pode-se perceber,que não basta liberação, é preciso seriedade e acompanhamento na aplicação dos recursos. Com relação a erradicação da fome, realmente não a falta de alimentos, o que falta e formas adequadas,para fazer com que as pessoas menos favorecidas tenham acesso a eles. Posso citar algo que talvez possa ajudar, vejo em minha realidade de município pequeno algo bem fácil de resolver, fazer aproveitamento de alimentos que são descartados nos mercados, com a implantação de uma cozinha industrial por parte do poder público local, inclusive podendo servir a creches e escolas. Outra possibilidade viável e a criação de hortas comunitárias, onde poderia ser envolvida todas as famílias que recebem auxilio dos programas sociais, poderia ser inicialmente produzido para subsistência das próprias famílias e o excedente fornecido a creches e escolas municipais.


Respondendo respondendo Clovis Antonio Rutkauskis
por Daniella - Quarta-feira, 01 de Setembro de 2010 - 13:53:55

Obrigada por deixar seu comentário. Faço pós-graduação na área de desenvolvimento regional pela UFPR, não conheço de perto a realidade das pequenas cidades mas pelo que tenho aprendido um dos maiores dilemas do desenvolvimento são as cidades do interior. Poucas verbas, poucos recursos, poucas escolas e nenhuma universidade, sem infra-estrutura para construção de estradas, sem incentivos fiscais para fixação de indústrias, comércios, etc. É bem complicado... Acredito que sobra vontade, mas falta empenho por parte da Administração Pública, e talvez até uma políticas séria como vc mensionou, para fazer a correta distribuição dos recursos. Se vc perceber as principais cidades do PR (Paranaguá, Curitiba, Ponta Grossa, Maringá, Londrina, Foz...) são cortadas por rodovias e possuem as principais universidades do Estado. Então me pergunto: Por quê estas cidades se desenvolveram mais que as outras? Qual a política praticada? Foram as imigrações? Tipo de cultura? Pecuária? Solo? Clima? enfim estas são as perguntas em minha mente que não querem calar...


Respondendo respondendo Clovis Antonio Rutkauskis
por felicia - Quarta-feira, 21 de Março de 2012 - 08:13:09

adorei sua mensagem vc merece uns parabens e vc parece muito estudioso Clovis Antonio Rutkauskis


Respondendo respondendo Clovis Antonio Rutkauskis
por maria eduarda - Segunda-feira, 11 de Novembro de 2013 - 14:15:29

e msm tem que acabarf com a fome e a miseria


por EDGAR LIMA - Sexta-feira, 02 de Julho de 2010 - 23:34:56 - Comentar

gostaria de pedir a sua atencão, e sua colaboracão pra ajudar as pessoas do nordeste, que foram atingidos pelas enchentes, seja solidário...


Deixe seu comentário





Site Seu blog ou página pessoal


1. Os sites do Sistema Fiep incentivam a prática do debate responsável. São abertos a todo tipo de opinião. Mas não aceitam ofensas. Serão deletados comentários contendo insulto, difamação ou manifestações de ódio e preconceito;
2. São um espaço para troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua. Não serão tolerados ataques pessoais, ameaças, exposição da privacidade alheia, perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento;
3. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado; informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos;
4. Defendemos discussões transparentes, mas os sites do Sistema Fiep não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza. e
5. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.

 Aceito receber comunicação da Fiep e seus parceiros por e-mail
 
Nós Podemos Paraná - Av. Comendador Franco, 1341 - Jardim Botânico - 80215-090 - Curitiba/PR - Fone: 41 3271-7692