31/03/2006

Nós Podemos - Paraná

Apucarana apóia realização do Círculo Paranaense dos 8 Jeitos de Mudar o Mundo

Apucarana apóia realização do Círculo Paranaense dos 8 Jeitos de Mudar o Mundo

Representantes da Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi) e da Associação dos Municípios do Médio Paranapanema (Amepar), definiram total apoio ao Círculo Paranaense dos 8 Jeitos de Mudar o Mundo. O evento, que está agendado para acontecer durante o dia 1º de junho nas dependências da Associação Cultural e Esportiva de Apucarana (Acea), faz parte uma rede de fortalecimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) idealizada pelo Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep). Apucarana será a 14ª cidade a sediar os trabalhos, de um total de 16 círculos previstos.

Participarão das discussões em Apucarana as principais lideranças de 48 municípios (26 da Amuvi e 22 da Amepar). "Já começamos a definir alguns pontos da organização e conseguimos fechar o compromisso das associações em serem as principais multiplicadoras do evento junto aos municípios que representam", destaca o prefeito de Apucarana, Valter Pegorer (PMDB). Ele explica que a idéia é reunir lideranças representativas de todos os segmentos imagináveis, como prefeitos, secretários municipais, vereadores, associações comerciais, empresários, pastores, padres, sindicatos, clubes de serviços, cooperativas, universidades, entre outros. "Será um fórum de formação de multiplicadores. É o início de um trabalho que visa permanentemente disseminar a importância de se cumprir os oito jeitos de mudar o mundo", resume Pegorer.

Na semana passada, representantes da Fiep já tinham estado em Apucarana para apresentar o projeto ao prefeito de Apucarana, Valter Pegorer, e ao diretor da ONG Mude o Mundo, André Pegorer. O desafio regional dos Círculos Locais é antecipar para 2010 a concretização das Metas do Milênio no Paraná (previstas oficialmente em todo o mundo para 2015). "A cada dia aumenta a consciência dos empresários, que reconhecem a necessidade de implementar a responsabilidade social em seus negócios e, no papel de motivador, o Poder Público deve dar exemplo. Os governos Federal, Estadual e Municipal têm em mãos um trunfo, que é o poder de compra. Imagine se todos os processos de licitação ou contratação pública exigissem a comprovação de desenvolvimento de ações sociais? Com certeza o Brasil melhoraria muito", destaca Pegorer.

Deixe seu comentário





Site Seu blog ou página pessoal


1. Os sites do Sistema Fiep incentivam a prática do debate responsável. São abertos a todo tipo de opinião. Mas não aceitam ofensas. Serão deletados comentários contendo insulto, difamação ou manifestações de ódio e preconceito;
2. São um espaço para troca de idéias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua. Não serão tolerados ataques pessoais, ameaças, exposição da privacidade alheia, perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento;
3. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado; informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos;
4. Defendemos discussões transparentes, mas os sites do Sistema Fiep não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza. e
5. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de idéias.

 Aceito receber comunicação da Fiep e seus parceiros por e-mail
 
Nós Podemos Paraná - Av. Comendador Franco, 1341 - Jardim Botânico - 80215-090 - Curitiba/PR - Fone: 41 3271-7692