Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo!






Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo!




28/05/2020

LIVE 4 - Saúde Mental em tempos de COVID

Educando na Sustentabilidade

Em momentos como esse, os questionamentos e dúvidas são constantes, principalmente pela sensação de falta de controle frente à incerteza, gerando um estado de alerta, preocupação ou stress e, tais reações são esperadas durante uma Pandemia.  Segundo a Fiocruz, “estima-se que entre um terço e metade da população exposta a uma epidemia pode vir a sofrer alguma manifestação psicopatológica, caso não seja feita nenhuma intervenção de cuidado específico para reações e sintomas manifestados”.

Diante disso, o Sistema FIEP por meio do CPCE, com a missão de promover boas práticas e estimular o engajamento das organizações na adoção de estratégias de Responsabilidade Social Corporativa, promoveu a II Reunião Online com a mediação da Regional Campos Gerais para todas as unidades do Conselho no Estado, com o tema “ Saúde Mental em Tempos de Covid-19”. Com dicas e orientações para preservar a saúde mental, a Analista Técnica do SESI PR, Roberta Ribas da Silva Costa, apresentou aos conselheiros ações que podem ser adotadas pelas lideranças.

Roberta, iniciou relembrando as ações do Programa Cuide-se-+ realizadas pelo SESI PR em todo Estado, especialmente àquelas ligadas ao eixo Saúde Mental no ano de 2019, por meio de CPCE, as regionais receberam workshops sobre os Fatores Psicossociais no Trabalho, esta é uma das ações do Programa que também oferece palestras e treinamentos direcionados a gestores e trabalhadores das indústrias. Lembrou que segundo dados da Organização Mundial da Saúde, o Brasil é o país mais ansioso do mundo, com 18,6 milhões de brasileiros acometidos por transtornos de ansiedade e, 1 em cada 4 pessoas, sofrerá com algum transtorno mental ao longo da vida. No Brasil entre 2014 e 2018 houve um aumento de 23% do consumo de antidepressivos, segundo estudo, realizado pela Funcional Health Tech. Além do aumento em 20 vezes dos afastamentos para auxílio-doença acidentário nos últimos 10 anos, segundo dados da Previdência Social brasileira, confirmando a importância da adoção de práticas de prevenção por todos. Práticas estas essenciais durante o enfrentamento de uma Pandemia, haja vista, que já vivíamos em tempos de ansiedade e angústia pela rotina do dia a dia.

A analista do Sesi explicou que devemos buscar o autocuidado, partindo das quatro dimensões que a Organização Mundial da Saúde cita como fundamentais para manter o equilíbrio da saúde: física, social, espiritual e psicológica. Todos devemos estar atentos a intensidade e periodicidade das nossas emoções e buscar realizar atividades ou hobbys que proporcionam bem-estar. Exemplos como yoga, uma boa leitura, realizar cursos online, eleger canais de comunicação confiáveis para buscar notícias e outros que permitam manter uma rotina diária equilibrada. E em caso de fragilidade emocional, buscar canais de apoio com profissionais especializados, como exemplo, o canal de Teleatendimento do SESI PR (http://cuidesemais.org.br/saude-mental/atendimento/), lançado para apoiar os trabalhadores das indústrias do Paraná em relação à sua saúde mental.

A profissional do Sesi reiterou que no ambiente de trabalho, a cooperação e solidariedade são fundamentais e, estabelecer um ambiente seguro e confiável auxiliará o líder na melhoria do desempenho de sua equipe, como exemplo citou algumas dicas da iniciativa holandesa “COVID-19 mãos extras para a saúde”, como: realizar check-in junto a equipe na entrada do turno, indicando clareza das atividades a serem realizadas e estabelecendo espaço para que todos possam falar de suas emoções. Outras dicas e orientações à respeito de como líderes podem atuar nesse momento podem ser conferidas no Portal da Longevidade: http://longevidade.ind.br/

Finalizando a reunião, Indianara Milleo, diretora regional do CPCE Campos Gerais, pediu a atenção de todos para aqueles que estão mais próximos e incentivando a motivá-los. Comemorou as inúmeras iniciativas realizadas rotineiramente pelas lideranças e organizações conselheiras, e as convidou a dar continuidade, observando o seu entorno e os menos favorecidos.

 

 

Fiep   Federação das Indústrias do Estado do Paraná   Direitos Reservados
Av. Cândido de Abreu, 200   Centro Cívico   80530-902   Curitiba   PR