SINDEMCAP

SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DE EXTRAÇÃO DE MÁRMORES CALCÁRIOS E PEDREIRAS NO ESTADO DO PARANÁ

Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo!






Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo!




Projeto "Diálogos" debate assuntos relevantes à indústria

Primeiro encontro foi realizado no sudoeste do estado por meio de parceria da Fiep com sindicatos e outras entidades

clique para ampliarclique para ampliarNo primeiro encontro do “Diálogos”, o médico Valdir Bigolin apresentou dados sobre a saúde e segurança dos trabalhadores nas indústrias (Foto: Divulgação)

Promover discussões pertinentes à indústria de um modo geral, reunindo representantes de diferentes setores produtivos, é uma estratégia importante para fortalecer o segmento. Para incentivar esta interação entre os industriais, a Fiep criou o projeto “Diálogos”, inicialmente desenvolvido em parceria com seis sindicatos e entidades parceiras da região sudoeste do Paraná, como o Grupo de RHs, Arranjo Produtivo Local (APL) de Alumínios, Sesi e Sebrae.

O objetivo do programa é detectar os principais problemas enfrentados pelos empresários e encontrar soluções e novas ideias que beneficiem todos os setores industriais. Por meio do “Diálogos”, profissionais e empresários se reunirão mensalmente para debater temas presentes na rotina da indústria e que são definidos com base na necessidade dos participantes. No primeiro encontro, realizado em Pato Branco no dia 26 de fevereiro, o tema foi “Prevenir é melhor que remediar”. O médico especialista em Medicina no Trabalho, Valdir Bigolin, apresentou dados sobre atestados médicos, sigilo médico, inovações em equipamentos de proteção individual (EPI) e trabalho em altura.

“O aspecto mais importante deste projeto é a forma de atuação da coordenadoria da federação, que se mostra muito interessada em envolver os sindicatos. O resultado de uma parceria como esta faz diferença para as indústrias da região”, explica Meri Aparecida Moraes, secretária-executiva do Sindimetal Sudoeste, uma das entidades parceiras da Fiep no projeto.

O resultado positivo deste primeiro encontro deve servir de incentivo e inspiração para sindicatos e coordenadorias da Fiep de outras localidades. De acordo com o vice-presidente e coordenador regional da federação na região sudoeste, Cláudio Petrycoski, os participantes ficaram satisfeitos com o diálogo realizado. “Com a boa impressão que os participantes nos deixaram, percebemos que atingimos o nosso objetivo, que era principalmente esclarecer dúvidas sobre o assunto”, completa.

O gerente de recursos humanos Flávio Sufiatti é prova de que os participantes aprovaram o projeto e o evento realizado no sudoeste. “O objetivo era gerar um momento de aprendizado, não em forma de palestra, mas em forma de diálogo. O mais interessante foi que o bate-papo excedeu o tempo previsto e os participantes continuaram em seus lugares, fazendo perguntas para ter suas dúvidas esclarecidas. Isto é prova de que há carência de encontros para debater sobre as dificuldades encontradas na rotina da profissão. Diante disto, só posso afirmar que o evento foi fantástico”, finaliza.

Cronograma

Os próximos encontros já estão marcados e serão realizados em três municípios. No dia 25 de maio, a cidade de Palmas recebe o “Diálogos” no período da manhã. Na mesma data, à noite, o encontro será realizado novamente em Pato Branco. Já no dia 26 de maio, o projeto vai reunir industriais e profissionais de Francisco Beltrão. O tema em pauta será “Seguro para proteger a indústria contra ações de colaboradores”.

Os encontros serão realizados durante todo o ano e devem ser levados a 42 municípios. Interessados em participar devem entrar em contato com a coordenaria regional da Fiep em Pato Branco pelo telefone (46) 3225-1222. As inscrições são gratuitas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Os seguintes erros foram encontrados:








    1. Os sites do Sistema Fiep incentivam a prática do debate responsável. São abertos a todo tipo de opinião. Mas não aceitam ofensas. Serão deletados comentários contendo insulto, difamação ou manifestações de ódio e preconceito;
    2. São um espaço para troca de ideias, e todo leitor deve se sentir à vontade para expressar a sua. Não serão tolerados ataques pessoais, ameaças, exposição da privacidade alheia, perseguições (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento;
    3. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus comentários e pelo impacto por ele causado; informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos;
    4. Defendemos discussões transparentes, mas os sites do Sistema Fiep não se dispõem a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
    5. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de ideias.
    Projeto "Setores Portadores de Futuro para o Estado do Paraná" vai detectar novos rumos da indústria paranaenseWorkshop mostra elevação nos custos de produção na indústria de calcário e derivados