Senai/Sesi - 20/09/2012

Paraná aprova 19 projetos, o maior número entre todos os Estados 

Foram 19 projetos propostos por indústrias e que serão desenvolvidos em parceria com unidades do Senai e do Sesi. O maior número entre todos os Estados

clique para ampliar clique para ampliarO Edital é dirigido às empresas que queiram desenvolver um novo produto, serviço, processo ou tecnologia social (Foto: Divulgação)

O Paraná registrou um recorde de projetos aprovados no Edital Senai/Sesi de Inovação 2012. Foram 19 projetos, 12 do Senai e 7 do Sesi, o maior número desde o início do edital e o maior entre todos os Estados, o que coloca o Paraná em posição de destaque nacional. O resultado foi divulgado sexta-feira (14).

O edital de Inovação é uma iniciativa do Senai e do Sesi Nacional,

Os projetos são desenvolvidos em parceria com as unidades das duas entidades. Em 2012, foram selecionados 105 projetos em todo o País. Nesta edição, o Edital destinou R$ 30 milhões, o maior aporte de recursos financeiros de sua história, para apoiar o desenvolvimento dos projetos selecionados.

O presidente da Fiep, Edson Campagnolo, comemorou o resultado e enfatizou a excelência do trabalho das equipes das casas. "Sem dúvida um bom time, parabéns a toda equipe da Fiep, do Sesi, do Senai e do IEL", disse ele, em mensagem enviada aos colaboradores envolvidos nos projetos. Leia mais aqui.



Deixe seu coment�rio

Nome (obrigat�rio)
E-mail (obrigat�rio)
N�o ser� divulgado
Cidade (obrigat�rio)
 UF (obrigat�rio) 
Site
Seu blog ou p�gina pessoal
Mensagem




 Li e aceito o termo de responsabilidade online

1. Os sites do Sistema Fiep incentivam a pr�tica do debate respons�vel. S�o abertos a todo tipo de opini�o. Mas n�o aceitam ofensas. Ser�o deletados coment�rios contendo insulto, difama��o ou manifesta��es de �dio e preconceito;
2. S�o um espa�o para troca de ideias, e todo leitor deve se sentir � vontade para expressar a sua. N�o ser�o tolerados ataques pessoais, amea�as, exposi��o da privacidade alheia, persegui��es (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento;
3. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus coment�rios e pelo impacto por ele causado; informa��es equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos;
4. Defendemos discuss�es transparentes, mas os sites do Sistema Fiep n�o se disp�em a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
5. Dos leitores, n�o se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam diverg�ncias, que acreditamos pr�prias de qualquer debate de ideias.