Região Sul - 19/09/2012

4º Fórum Sul do Setor Têxtil e do Vestuário propõe equalização do ICMS 

Reunião realizada em Curitiba reuniu representantes do setor do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Propostas serão discutidas junto aos governos nos Estados

clique para ampliar clique para ampliar
Entraves comuns: Fórum realizado na Fiep reuniu representantes do Paraná, Santa catarina e Rio Grande do Sul (Foto: Mauro Frasson)

A redução da alíquota do ICMS e a equalização do imposto são as principais reivindicações de empresários do setor têxtil e do vestuário do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Reunidos na última sexta-feira (14) no 4º Fórum Sul do Setor Têxtil e do Vestuário, em Curitiba, as lideranças do setor dos três estados do Sul classificaram o peso dos impostos e a complexidade do sistema tributário brasileiro como os grandes entraves para a competitividade das empresas.

Na reunião, ficou definido que cada federação industrial – Fiep, no Paraná, Fiesc, em Santa Catarina, e Fiergs, no Rio Grande do Sul – irá discutir o assunto com o secretário da Fazenda de seu Estado, buscando a redução da alíquota e a equalização do ICMS incidente sobre a cadeia produtiva. As federações também vão propor que os secretários de Fazendo defendam a proposta junto ao Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz).

Outra proposta é envolver São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais nesta discussão, uma vez que a proposta de unificação da alíquota de imposto sobre o setor acabaria com a guerra fiscal entre os Estados, beneficiando o setor como um todo.

“O setor têxtil está deixando de ser reativo para ser proativo. Ao invés de aguardarmos uma medida para então responder a ela, estamos indo ao governo antes e levando nossa demanda”, disse o coordenador do Conselho Setorial da Indústria Têxtil da Fiep, Marcelo Surek.

Clique e leia mais


Deixe seu coment�rio

Nome (obrigat�rio)
E-mail (obrigat�rio)
N�o ser� divulgado
Cidade (obrigat�rio)
 UF (obrigat�rio) 
Site
Seu blog ou p�gina pessoal
Mensagem




 Li e aceito o termo de responsabilidade online

1. Os sites do Sistema Fiep incentivam a pr�tica do debate respons�vel. S�o abertos a todo tipo de opini�o. Mas n�o aceitam ofensas. Ser�o deletados coment�rios contendo insulto, difama��o ou manifesta��es de �dio e preconceito;
2. S�o um espa�o para troca de ideias, e todo leitor deve se sentir � vontade para expressar a sua. N�o ser�o tolerados ataques pessoais, amea�as, exposi��o da privacidade alheia, persegui��es (cyber-bullying) e qualquer outro tipo de constrangimento;
3. Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seus coment�rios e pelo impacto por ele causado; informa��es equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos;
4. Defendemos discuss�es transparentes, mas os sites do Sistema Fiep n�o se disp�em a servir de plataforma de propaganda ou proselitismo, de qualquer natureza.
5. Dos leitores, n�o se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam diverg�ncias, que acreditamos pr�prias de qualquer debate de ideias.